O SF90 Stradale é o melhor desportivo de sempre da Ferrari, em termos de desempenho e, sobretudo, de sofisticação tecnológica, ao ser o primeiro híbrido da casa do Cavallino Rampante. E Charles Leclerc, o novo primeiro piloto da Scuderia Ferrari – estatuto a que chegou depois de destronar Sebastian Vettel –, provou isso mesmo nas ruas do principado monegasco.

Quem pensar em acelerar loucamente pelas ruas do Mónaco nem precisa de reservar hotel para pernoitar. Primeiro, vai ter de enfrentar os polícias locais, tradicionalmente solícitos e educados, excepto para abusadores. E, depois, vai direitinho para a prisão, para onde voltará depois de julgado e multado. Daí que possa fazer alguma confusão ver Leclerc conduzir desta forma exuberante um carro brutal como o SF90 Stradale, que complementa os 780 cv do motor 4.0 V8 biturbo com os mais de 200 cv fornecidos pelos três motores eléctricos, de modo a atingir 1001 cv de potência total e usufruir de tracção integral.

4 fotos

Para tranquilizar os que podem achar que nas ruas do principado passou a valer tudo e já se pode acelerar à vontade, é melhor esclarecer que as imagens foram recolhidas em ruas desertas, por estarem fechadas ao trânsito, só possível por ser de manhã relativamente cedo. Mas não a ponto de melindrar os clientes que dormiam nos hotéis da zona.

O objectivo era exibir o SF90 Stradale, mas para a câmara, que atrás dela tinha o grande realizador e produtor Claude Lelouch, contratado para produzir um filme sobre o carro e o piloto, com ênfase no primeiro. Isto apesar de Leclerc ter nascido naquela cidade-Estado.