A Comunidade Vida e Paz assinala este ano o Natal junto da população sem-abrigo que apoia num formato diferente, substituindo a tradicional festa por ações de proximidade, que já têm o acordo das autoridades de saúde.

Em comunicado divulgado esta sexta-feira, a instituição adianta que “não deixará de ir ao encontro das pessoas em situação de sem-abrigo e irá reforçar o seu apoio nos dias 18, 19 e 20 de dezembro, numa ação que terá lugar em vários locais de Lisboa e na Amadora, onde tem também uma intervenção relevante”.

Graças ao valioso apoio de parceiros institucionais de longa data, de benfeitores e de um pequeno grupo de voluntários, as pessoas em situação de sem-abrigo terão acesso a serviços de saúde e cidadania e a uma refeição (‘take-away’). A operacionalização dos serviços acima descritos garantirá o cumprimento dos imperativos legais atualmente em vigor e, como tal, mereceu já a devida concordância das autoridades de saúde, lê-se no documento.

Segundo o comunicado, a Comunidade Vida e Paz apresentou o seu plano de operacionalização para o Natal deste ano à Secretaria de Estado da Saúde e à Direção-Geral da Saúde a 11 de novembro.

A organização recorda que a tradicional festa se realizava ininterruptamente desde 1989, e que a de 2020 seria a sua 32.ª edição. “A Comunidade Vida e Paz continuará a monitorizar a evolução da pandemia e a trabalhar com as autoridades de saúde competentes para garantir a segurança da ação de Natal 2020”, refere a organização.