Não é novidade, desde que a internet surgiu, que apareçam campanhas de crowdfunding, principalmente através do Facebook, que tem essa funcionalidade. Umas verdadeiras, outras falsas — estas, com o objetivo de extorquir dinheiro. Nesse sentido, surgiu uma publicação, no passado dia 14 de outubro, que fazia um pedido muito específico sobre uma menina: “Venho por este meio apelar para partilharem esta menina, é cega. Por cada partilha, reverte 10 cêntimos para a sua operação em Espanha, não custa nada ajudar e compartilhar”.  Chegou às 3,5 mil partilhas. Trata-se no entanto, de uma publicação falsa.

O post em questão, além de apresentar alguns erros de português, não explica quem é a menina — nem diz que idade tem. Nem sequer dá exemplos de notícias que tivessem reportado este caso. Depois, numa busca através das ferramentas Google Images e TinEye, que verificam a origem das imagens partilhadas na internet, surgiram vários resultados de correspondência para esta imagem, com diferentes datas.

Na verdade, esta imagem é de Mahdis  Mohammad, uma menina iraniana que ganhou popularidade nas redes sociais por ser “das mais bonitas do Irão”, chegando aos 170 mil seguidores no Instagram. A imagem que surge na publicação original pode ser encontrada nesta conta. Foi publicada a 8 de setembro de 2016, uma data muito distante do caso em questão.

Há 3 anos, Ellinika Hoaxes, fact checker grego e parceiro do Observador na Aliança CoronaVirusFacts/DatosCoronaVirus, também verificou esta publicação, chegando à conclusão de que Mahdis não é cega e não precisava, nessa altura (como também não precisa agora), de dinheiro para uma operação.

Conta de Instagram de Mahdis Mohammadi, que conta com milhares de seguidores

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nesse artigo, ainda é possível encontrar um post de Facebook, datado de 21 de novembro de 2016, da página “Iran In Photos”, onde se fala de Mahdis, criança “com 4 anos, que vive em Urmia, no Irão”. A publicação fala de “uma estrela do Instagram, tendo cerca de 100 mil seguidores, tudo por causa dos seus grandes e bonitos olhos pretos”. Não há, contudo, qualquer indicação que a menina seja cega ou que necessite de dinheiro para ser operada. O post chegou também a ficar viral na Índia.

Conclusão

Não é verdade que exista uma menina cega que precise de dinheiro para realizar uma operação em Espanha. Imagem já foi verificada anteriormente, pertencendo a Mahdis  Mohammad, uma rapariga iraniana que se tornou muito popular nas redes sociais, principalmente no Instagram, por ser considerada muito bonita. A publicação fraudulenta já foi encontrada noutras línguas e países, como na Índia.

Assim, segundo a classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO
No sistema de classificação do Facebook, este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

NOTA: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge