Circula no Facebook uma publicação que refere que o governo irlandês terá instalado um painel luminoso alertando para os perigos de usar máscara, de tomar a vacina contra a Covid-19 e chamando a atenção para a ineficácia dos testes à doença. Segundo o post, o aviso informaria que as máscaras são responsáveis por espalhar germes, que as “vacinas podem causar paralisia” e que os testes são “fraudulentos”, porque 95% “são falsos positivos”.

O utilizador cujo post aqui reproduzimos afirma que “o aviso eletrónico” foi filmado mas que, ao tentar publicá-lo, foi eliminado. Outros utilizadores tiveram mais sorte e conseguiram publicar as imagens, que mostram um painel luminoso com a informação sobre as máscaras e vacinas junto a uma bomba de gasolina. Uma utilizadora do Twitter, que divulgou as imagens a 15 de janeiro, relata que a filmagem foi feita durante a manhã por uma colega de trabalho que ia tomar nesse dia a vacina contra a Covid-19:

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Apesar da fraca qualidade das imagens, é possível ver no início da filmagem o símbolo da Maxol, uma gasolineira irlandesa, e, mais à frente, na ponta oposta da pala da bomba de gasolina, o nome do local onde o painel foi instalado, Templeogue, uma zona residencial nos subúrbios de Dublin.

O aparecimento do aviso foi notícia em alguns órgãos de comunicação locais, como o Dublin Live, mas não por se tratar de uma iniciativa do governo irlandês. Segundo uma notícia publicada por este meio de comunicação a 15 de janeiro, o dia em que a filmagem terá começado a ser partilhada nas redes sociais, o painel foi uma iniciativa de um grupo negacionaista anti-máscaras que terá atacado outros estabelecimentos comerciais com parque de estacionamento.

Contactado pelo Dublin Live, a Maxol negou que tivesse alguma coisa a ver com a instalação do painel, frisando que a prioridade da empresa é “a saúde e a segurança dos nossos clientes e equipa” e que “isso significa seguir todas as recomendações do governo sobre o distanciamento social e o uso de máscaras”. De acordo com o porta-voz da empresa, várias outras lojas têm sido alvo deste tipo de grupos, que instalam mensagens contra a utilização de máscaras e a toma de vacinas contra a Covid-19 em parques de estacionamento. As mensagens permanecem nos locais até serem detetadas e transportadas para um novo local.

“Este vídeo não está de forma alguma relacionado com a Maxol e não reflete de forma alguma as nossas opiniões ou da nossa indústria”, declarou o responsável. O painel foi retirado pela Maxol após a gasolineira ter sido alertada para a situação.

Como referiu a Maxol, nenhuma das informações divulgadas pelo grupo negacionista é vinculada pelo governo irlandês, cuja política relativamente ao uso de máscaras, vacinas e testes é semelhante à de Portugal e dos outros países da União Europeia. Relativamente às máscaras, na Irlanda, estas são de uso obrigatório nos transportes públicos, todos os estabelecimentos comerciais, hospitais e clínicas, locais de culto e nos locais de trabalho ou outros onde não é possível manter o distanciamento social obrigatório, incluindo ao ar livre. Pessoas que tenham problemas respiratórios ou que não sejam capazes de as colocar ou remover estão isentas de as usar.

Em relação à vacinação contra o novo coronavirus, esta arrancou no país a 29 de dezembro, quando começaram a ser imunizados os primeiros profissionais de saúde na linha da frente de combate à Covid-19. O processo encontra-se atualmente na primeira fase que, além da vacinação deste grupo, prevê fazer chegar o tratamento a todos os maiores de 65 anos que vivem em estabelecimentos de cuidados continuados. Segundo os dados divulgados pelo governo irlandês, até 3 de fevereiro, foram vacinadas 219.200 pessoas. Na próxima fase, prevista para este mês de fevereiro, serão imunizadas todas as pessoas com 85 ou mais anos. Já os testes são realizados de forma gratuita a todos os que apresentam sintomas de Covid-19 ou por recomendação do médico de família.

Conclusão

O governo irlandês não mandou colocar um painel luminoso alertando para os perigos de usar máscara, de tomar a vacina contra a Covid-19 e para a ineficácia dos testes à doença. O aviso foi instalado num posto de gasolina nos arredores de Dublin por um grupo negacionista anti-máscaras que tem “atacado” estabelecimentos comerciais com parque de estacionamento. Nenhuma das informações divulgadas através do painel são veiculadas pelo governo da Irlanda, cuja política relativamente ao uso de máscaras, vacinas e testes é semelhante à de Portugal e dos outros países da União Europeia.

Assim, segundo a classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook, este conteúdo é:

FALSO: As principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

IFCN Badge