Tesla

Tesla ajuda na fuga ao furacão Irma. Sabe como?

1.433

Há quem adore a Tesla e quem deteste a marca americana. Mas uns e outros têm de dar valor à atenção que o construtor dedica aos seus clientes. E o furacão Irma forneceu mais um excelente exemplo.

A Tesla é o único construtor que consegue, à distância, alterar as especificações dos seus carros, da potência dos motores à capacidade e gestão da bateria, passando pela actualização de software e activação de serviços. Isto, e recolher mapas digitais em alta resolução de todos os locais por onde circulam os seus veículos, tenham ou não o Autopilot ligado.

Com o furacão Irma à porta, estando a chegada da tempestade à costa da Florida prevista para este domingo, a Tesla decidiu ontem, no pico da evacuação, dar uma mão aos seus clientes daquele estado americano. Assim, todos os que possuem os Model S e X, nas versões 60 e 60D, passam a poder usufruir da total capacidade das suas baterias, devendo esta medida permitir-lhes percorrer, em média, mais 50 km.

É bom recordar que, para facilitar a produção e sobretudo o stock de peças, os Model S e X com 60 kWh de capacidade de baterias, ou seja, os modelos mais acessíveis da gama (e hoje já descontinuados), estavam na realidade equipados com as mesmas baterias do modelo acima, o 75, com a capacidade que a referência parece indicar, 75 kWh. Mas estavam limitadas, para não permitir aos clientes que optaram pela versão mais barata usufruir dos últimos 15 kWh. Foi este limite que a Tesla remotamente anulou, incrementando a possibilidade de uma evacuação sem problemas.

Este incremento de capacidade sempre esteve disponível, podendo os condutores decidir promover as suas baterias de 60 para 75 kWh, por um valor que oscila entre 4.500 a 9.000 dólares, consoante o modelo e a duração do upgrade. E até pode ser que os 50 km a mais, agora disponibilizados, não sejam importantes para todos os utilizadores, mas ajudarão decididamente alguns. Importante mesmo é atenção que a Tesla continua a dar aos detalhes que, em momentos de aflição, são de uma importância extrema.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

A plateia dos patetas

Maria João Avillez

Um misto de leveza, manha, irresponsabilidade. Uma manipulação a partir do palco do poder para a plateia de patetas onde quem não é da geringonça é suposto estar sentado.

Agências de Rating

De BB+ para BBB-

Luís Aguiar-Conraria

A procissão ainda vai no adro. Para a Fitch e a Moody’s a dívida portuguesa anda é investimento especulativo. E, enquanto estivermos muito endividados, estaremos sujeitos aos maus humores dos mercados

Fernando Medina

Síndrome de Lisboa

Maria João Marques

O carro é um meio de transporte legítimo, os proprietários pagam impostos, pelo que têm direito a usá-lo quando assim lhes for mais confortável e conveniente, sem serem demonizados pelo edil lisboeta.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site