O Presidente da República, Cavaco Silva, recebe hoje, no Palácio de Belém, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, que lhe vai pedir a demissão do Governo PSD/CDS-PP e eleições antecipadas.

Cavaco Silva “deveria demitir” o Governo e “convocar eleições antecipadas”, sendo este “o fundamento do pedido da audiência” com o Presidente, afirmou Jerónimo de Sousa aos jornalistas, no domingo, durante uma visita a Vila Viçosa, no Alentejo.

O PCP pediu a audiência a Cavaco Silva a 4 de junho, na sequência do chumbo, pelo Tribunal Constitucional (TC), a 30 de maio, de três normas do Orçamento do Estado para 2014, incluindo o corte dos salários dos funcionários públicos a partir dos 675 euros.

“Os mais recentes desenvolvimentos, no plano económico, mas também no plano político, este afrontamento por parte do Governo em relação ao Tribunal Constitucional, que esconde um afrontamento à própria Constituição da República, demonstra que este Governo não tem condições para continuar e que o Presidente da República, levando à letra o juramento que fez de cumprir e fazer cumprir a Constituição, obviamente que deveria levar à demissão deste Governo e à convocação de eleições antecipadas”, afirmou.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A delegação do PCP para a audiência com o Presidente da República, no Palácio de Belém, em Lisboa, é composta por Jerónimo de Sousa, secretário-geral do partido, Manuela Bernardino, do secretariado do Comité Central, João Oliveira, líder parlamentar, e João Ferreira, eurodeputado comunista.