O Bloco de Esquerda (BE) afirmou hoje que o primeiro-ministro iniciou na sexta-feira, na festa do PSD no Pontal, Algarve, a campanha eleitoral para as eleições legislativas de 2015, acusando Pedro Passos Coelho de mentir aos portugueses.

“Pedro Passos Coelho, desta vez, interrompeu as férias, mas para animar um comício partidário. Abriu a campanha eleitoral e começou por mentir aos portugueses”, afirmou o membro da Comissão Política do BE Pedro Soares, no Porto, reagindo às declarações do primeiro-ministro, na sexta-feira, na festa do PSD no Pontal.

Segundo Pedro Soares, Passos Coelho “falou de uma economia que não existe, disse-se empenhado em combater os privilégios quando todos nós sabemos que injetou milhares de milhões de euros num banco com graves problemas provocados pela ganância dos seus administradores, mentiu sobre a Segurança Social, tentou lançar jovens contra reformados, filhos contra pais, quando todos nós sabemos que a sua política, a política deste Governo, tem sido contra uns e contra outros”.

“Em relação a uns manda-os emigrar e afunda-os na precariedade, em relação a outros tudo faz para cortar nas suas reformas e pensões”, sustentou o bloquista.

O BE entende que, “agora, [Passos Coelho] demonstrou-o ontem, só tem uma preocupação: é posicionar-se, é preparar-se para as legislativas de 2015, é criar a ilusão aos portugueses de que está tudo bem e só o pode fazer mentindo”.

JAP // JMR

Lusa/Fim