Esta é a história de um homem que não nasceu para fazer negócios. Walter Earl Morrison, de 20 anos, natural de Phoenix, trabalhava para a transportadora UPS quando terá roubado um diamante no valor de cerca de 125 mil euros. O que terá feito a seguir é que deixa qualquer um de queixo caído. Comprar um desportivo ou uma viagem para um local paradisíaco? Nada disso. Morrison terá trocado o diamante por pouco mais de 15 euros em marijuana, que dará para dois charros, conta o New York Daily Times.

“Não foi um bom negócio”, disse Brent Taubman, o proprietário da House of Diamonds, com um sorriso a roçar o maquiavélico, em declarações ao canal de televisão ABC15. “Qualquer pedra que valha mais de 100 mil dólares (quase 80 mil euros) é uma pedra cara.” Segundo as autoridades, Morrison julgava que no pacote, que retirou de um avião que descarregava, estava dinheiro.

https://www.youtube.com/watch?v=wpkL_N92igg

O crime teve lugar no Aeroporto Sky Harbor, no Arizona, e levou ao despedimento de Morrison. O norte-americano natural do Arizona enfrenta a acusação de roubo, por isso terá de comparecer no Tribunal Supremo de Maricopa terça-feira, 30. Um porta-voz da UPS revelou que o diamante foi recuperado e entregue ao destinatário.