A maioria vai ficar responsável pela redação do relatório sobre as conclusões da comissão parlamentar de inquérito ao BES. O PSD e o CDS propuseram o nome de Pedro Saraiva, deputado social-democrata, mas a aceitação não foi pacífica. Tanto Bloco de Esquerda como PCP se opuseram, dizendo que a maioria já tem grande peso na comissão por deter o maior número de deputados e que esta comissão visa ações do governo suportado por esta mesma maioria.

Mariana Mortágua, deputada do Bloco de Esquerda, e Miguel Tiago, deputado do PCP, propuseram-se para realizar o relatório e forçaram a votação do nome que já estava consensualizado entre PSD e CDS e tinha acordo do PS. Com o nome de Pedro Saraiva aprovado pela maioria, caberá ao deputado redigir as conclusões e a síntese dos próximos meses de trabalho.

Pedro Saraiva é formado em engenharia química, professor catedrático da Universidade de Coimbra e é deputado desde 2009. Tanto o PCP como o BE frisaram que a sua oposição não era pessoal, mas sim com a sua pertença à maioria. O PS absteve-se da votação e disse, através do deputado Pedro Nuno Santos, que no futuro se poderia tentar encontrar outra maneira de escolher o relator de modo a não coincidir com a maioria parlamentar.