A ONU classificou esta terça-feira de “acontecimento histórico” o projeto de acordo de cessar-fogo estabelecido na Birmânia entre o Governo e diferentes grupos étnicos do país, que pretende pôr termo a décadas de guerra civil.

“Para o Governo birmanês e 16 grupos étnicos armados alcançar um acordo de cessar-fogo é uma decisão histórica e importante”, declarou esta terça-feira o conselheiro especial da Organização das Nações Unidas (ONU) Vijay Nambiar.

O acordo final de cessar-fogo só poderá ser assinado após um encontro entre os diferentes grupos étnicos armados, mas até agora não foi fixada qualquer data para a sua realização.