Barack Obama tornou-se o primeiro presidente dos Estados Unidos da América a fazer a capa de uma revista LGBT – a Out Magazine. Esta revista considerou Obama o ‘Aliado do Ano’, por ter ajudado a garantir o casamento entre pessoas do mesmo sexo, nos EUA.

O reconhecimento é feito numa edição especial, e anual, da Out Magazine, a Out100. Esta edição da revista tem como objetivo celebrar e agradecer a 100 figuras que deram um contributo e que influenciaram a comunidade LGBT durante o ano. A foto de Obama, na edição de 2015, é acompanhada do título: ‘O nosso Presidente’, ‘Aliado. Herói. Ícone’. 

unnamed-2

Na entrevista à Out Magazine, o presidente dos EUA explica porque considerava que seria “inconstitucional” negar o casamento a casais homossexuais. Segundo diz o jornal The Telegraph, Obama recorda uma frase da mãe como uma “campeã da inclusão”, que lhe dizia “que todas as pessoas são de igual valor”. Além disso, na entrevista Obama diz ter reconhecido que era o tempo certo para a legalização do casamento gay nos EUA, dado ter testemunhado mudanças sociais tanto na sua geração, como na geração das filhas. “Para a Malia e Sasha e os seus amigos a discriminação contra alguém”, seja de que forma for, “não faz sentido”, afirmou Obama.

O presidente dos EUA relembrou, também a influência de um professor do tempo da universidade, que era abertamente gay e que “saiu do seu caminho para aconselhar estudantes lésbicas, homossexuais e transgénero”. “E lembrem-se que isto foi em 1978. Foi precisa muita coragem, muita confiança em quem és e naquilo que defendes”, afirmou Obama.