Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Banif anunciou esta sexta-feira a venda da unidade em Malta, que controla com uma participação de 78,46%. A operação, que está sujeita à aprovação por parte de vários reguladores, resultará num encaixe de 18,4 milhões de euros. Não há informação sobre quem é a entidade compradora.

Este era um dos ativos na lista de vendas do Banif, onde está também a operação em Cabo Verde e a seguradora Açoreana.

O encaixe de 18,4 milhões, que o banco sublinha ser o valor contabilístico deste ativo, “está alinhada com o plano estratégico do Banif e é expectável que tenha um impacto positivo estimado no rácio de solvabilidade consolidado do Banif em 24 pontos base (pb) e 25 pb, em base phased-in e fully implemented, respectivamente”.

A execução deste acordo está condicionada à obtenção das autorizações por parte das autoridades competentes, incluindo a Autoridade de Serviços Financeiros de Malta, Banco Central Europeu, Direção Geral de Concorrência de Malta e da Comissão Europeia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR