Dois dias, dois avisos diretos ao governo português. O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, avisou esta sexta-feira que “Portugal tem de fazer tudo o que for possível para lidar com a incerteza nos mercados“.

A declaração, citada pela agência Bloomberg, foi proferida à margem da reunião dos ministros das Finanças da União Europeia (ECOFIN). Uma reunião em que, segundo Schäuble, vários ministros das Finanças europeus expressaram “grande preocupação” com a subida dos juros de Portugal nos mercados de dívida.

O ministro alemão sublinhou que Portugal ainda não goza de uma suficiente “resiliência” nos mercados, pelo que “deve fazer tudo o que for possível para lidar com a incerteza nos mercados”.

Já na quinta-feira, por ocasião da reunião dos ministros das Finanças da zona euro (o Eurogrupo), o alemão tinha dito que os mercados já estavam a ficar nervosos com Portugal e que “seria muito perigoso para Portugal” se o país desse a impressão de que estaria a recuar no caminho percorrido até agora.