O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) vai aumentar a pressão sobre o Governo do Iraque para que seja levantada a imunidade diplomática aos dois filhos do embaixador que agrediram um jovem de 15 anos de Ponte de Sor, em agosto.

De acordo com um comunicado do MNE citado pela SIC, o Governo está a tratar de todas as diligências para que o processo seja acelerado. O Governo português pediu o levantamento da imunidade diplomática dos gémeos iraquianos, de 17 anos, a 25 de agosto.

A SIC também referiu que o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, anunciou que será feita uma reunião entre Portugal e o Governo iraquiano “daqui a cerca de duas semanas”, em Nova Iorque.

A notícia surge no mesmo dia em que o advogado da família de Rúben Cavaco referiu que está disponível para fazer um acordo com iraquianos.