287kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Crimes de Aguiar da Beira. Pedro Dias terá sido visto na Galiza

Este artigo tem mais de 4 anos

O autor dos crimes de Aguiar da Beira terá sido visto nas aldeias de Sandiás e Xinzo de Limia, na região da Galiza. Pedro Dias estaria a conduzir um carro de cor preta.

Pedro Dias está desaparecido desde 11 de outubro
i

Pedro Dias está desaparecido desde 11 de outubro

PAULO NOVAIS/LUSA

Pedro Dias está desaparecido desde 11 de outubro

PAULO NOVAIS/LUSA

Várias testemunhas afirmaram terem visto um homem semelhante a Pedro Dias em Xinzo de Limia, uma localidade da província de Ourense, na Galiza. Dias estaria a conduzir um BMW de cor preta. O caso já está a ser investigado pelas autoridades espanholas que, segundo o jornal Faro de Vigo, terão aproveitado um controlo de trânsito na A-52, estrada que passa junto à fronteira com Portugal, para procurar o carro.

Este é um de muitos relatos que, nos últimos dias, colocam o fugitivo do outro lado da fronteira. Em Sanidás, vários habitantes garantem terem visto o autor dos crimes de Aguiar da Beira. Segundo os testemunhos, Dias terá entrado num café local — o café Estanco — no passado dia 17 de outubro, por volta das 20h. À TVI 24, uma mulher que estava no interior do estabelecimento, contou que Pedro Dias parecia “normal”, como “qualquer pessoa que anda na rua”.

O fugitivo terá pedido uma coca-cola e algo para comer, saindo apressado perceber que tinha sido reconhecido pelos clientes do Estanco, que tinham visto a sua fotografia, divulgada pela imprensa espanhola. De acordo com a mesma mulher, Dias terá depois entrado num carro preto.

O dono do café, que não se encontrava no estabelecimento no mesmo dia em que Pedro Dias, explicou à TVI 24 que, apesar de ter sistema de videovigilância, a polícia não conseguiu ver as imagens. As filmagens são apagadas de dois em dois dias, e a Guardia Civil só se deslocou até ao Estanco na terça-feira.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As aldeias de Sandiás e Xinzo de Limia ficam a menos de 100 quilómetros da fronteira com Portugal. Gache, em Vila Real, a última localidade portuguesa onde o fugitivo foi avistado, fica a 124 quilómetros de Xinzo de Limia. Foi no dia 17 de outubro que a GNR encontrou em Carro Queimado, em Vila Real, o carro que o suspeito terá usado para sair de Arouca.

O avistamento de Dias em Espanha ainda não foi confirmado pelas autoridades. Contactada pelo Observador, a Guardia Civil de Ourense explicou que foi feito um ponto da situação esta manhã e que os dados serão atualizados novamente na quinta-feira. A Guardia Civil está em contacto com as autoridades portuguesas, com quem tem trabalhado desde o início.

Roberto Castro, governador da província de Ourense, admitiu na terça-feira que a possibilidade de Pedro Dias estar em Espanha está a alarmar as populações fronteiriças. “É um homem com conhecimentos de sobrevivência e não podemos descartar nada. É possível que esteja na província”, admitiu, citado pelo Le Región.

Avistamentos em Espanha multiplicam-se

A divulgação da fotografia de Pedro Dias multiplicou as chamadas de aviso não só em Portugal, mas também em Espanha. De acordo com o Faro de Vigo, são vários os relatos que, nos últimos dias, colocam o fugitivo na província e cidade de Ourense, onde terá sido visto num centro comercial.

A semana passada, a Guardia Civil foi chamada à região de Lobios, em Limia Baixa, por causa de um relato de que Pedro Dias se encontrava na zona. Porém, de acordo com o jornal La Voz de Galicia, as autoridades não encontraram rasto do português nem vestígios de que tivesse estado na região.

Dias é procurado desde 11 de outubro, suspeito de ter matado um militar e um civil em Aguiar da Beira e de ter causado ferimentos a outras duas pessoas. Durante a fuga, que dura há 15 dias, Pedro Dias já foi localizado em várias aldeias na região de Vila Real, nomeadamente em Carro Queimado, onde foi encontrado o carro.

Atualizado às 19h30 com as informações divulgadas pela TVI 24

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.