532kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 32.99/mês aqui.

Como foi 2016 para o Facebook? Veja o vídeo da maior rede social do mundo

Este artigo tem mais de 5 anos

O final de um ano é sempre o momento ideal para olhar em perspetiva para os 365 dias que passaram. Depois da Google e do Youtube, foi agora a vez do Facebook mostrar os momentos marcantes de 2016.

i

Spencer Platt/Getty Images

Spencer Platt/Getty Images

Através do seu perfil no Facevook, Mark Zuckerberg, o proprietário da maior rede social do mundo não escondeu que 2016 foi um ano difícil para muitas pessoas, mas acredita que as ligações existentes na sua rede vão poder ajudar a melhorar muitas vidas em 2017.

2016 foi um ano difícil para muitas pessoas no mundo. Mas o que me dá esperança é que mesmo nos nossos momentos mais escuros existe um pouco de brilho devido às ligações que partilhamos uns com os outros. Com a chegada de 2017, eu acredito, mais que nunca, no poder desta comunidade – para nos ensinar, consolar, celebrar connosco, abrir as nossas mentes e ajudar-nos a seguir em frente todos juntos”, pode ler-se na publicação que acompanha o vídeo de retrospetiva de 2016 do Facebook.

Com atentados terroristas, lutas pelos direitos humanos, momentos emocionantes, momentos chocantes e uma das mais surpreendentes e mediáticas eleições americanas, 2016 teve muitos momentos altos e baixos naquela que continua a ser a maior rede social do mundo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.