Donald Trump

Ex-modelo da Playboy acusa Trump de lhe tentar pagar depois de se terem envolvido

135

Depois de te tentado acabar com o "acordo de silêncio" a que estava sujeita, Karen MacDougal diz que depois de se ter envolvido com Trump, o presidente dos Estados Unidos tentou pagar-lhe.

Getty Images

Numa entrevista exclusiva à CNN, esta quinta-feira, Karen MacDougal, uma ex-modelo da Playboy revelou que se envolveu com o presidente dos Estados Unidos e que, no fim, Donald Trump lhe ofereceu dinheiro.

“Depois de termos estado mais íntimos ele tentou pagar, e eu não sabia o que fazer”, disse Karen, em entrevista a Anderson Cooper. Mais tarde, quando o jornalista lhe perguntou se Trump tentou mesmo que ela agarrasse no dinheiro, Karen respondeu que sim, mas que também disse que “não era esse tipo de rapariga”. Depois conta que Donald Trump lhe disse ainda que era “uma menina muito especial”, embora a Casa Branca continue a negar este affair, adianta a CNN.

“Percebo que eles esteja a tentar proteger a família, a sua imagem, coisas desse género”, referiu Karen, que durante a entrevista também admitiu ter votado no atual presidente dos Estados Unidos em 2016. Ainda antes da eleição de Trump, o The Wall Street Journal publicou um artigo em que dizia que Karen tinha recebido 150 mil dólares (cerca de 121 mil euros), mas que a história do alegado caso, de que o jornal tinha conhecimento, não chegou a ser publicada, e que o pagamento seria por um presumível “acordo de silêncio”.

A CNN cita no entanto o porta-voz da editora em questão — a American Media Inc. — que diz que “Karen é livre de dizer o que bem entender sobre a relação que manteve com o presidente Trump desde 2016”, e nega que tenha tentado silenciar a ex-modelo.

Em relação a Melania Trump, com quem o presidente já era casado durante esta alegada relação, Karen pediu desculpa e disse que não iria querer que uma coisa semelhante acontecesse com ela. Confessou ainda que se sentia culpada pela relação de 10 meses que alegadamente manteve com o presidente.

Durante a entrevista, Karen sublinhou também que conheceu Melania numa festa e que tentou manter alguma distância da mulher de Trump. O porta-voz de Melania até agora não respondeu a qualquer pedido para comentar o caso.

Esta não é a primeira vez que Karen McDougal fala do alegado caso que teve com Donald Trump, há mais de 10 anos, mas foi a primeira entrevista que deu depois de tornar pública a sua história. “Eu não quero fazer dinheiro com isto, só quero exercer os meus direitos e voltar à minha vida. Ponto final”, referiu.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)