PCP

Jerónimo Sousa acusa Governo do PS de estar do lado dos que estão contra o SNS

O líder comunista responsabiliza o Governo socialista de manter "problemas estruturais", nomeadamente no Serviço Nacional de Saúde. A culpa é da "obsessão pela redução do défice", diz.

Paulo Cunha/LUSA

O secretário-geral do PCP acusou este sábado o Governo do PS de estar “do lado daqueles que estão contra o Serviço Nacional de Saúde” uma vez que “a obsessão pela redução do défice” impede o investimento público no setor.

Jerónimo de Sousa encerrou, em Lisboa, o encontro do PCP sobre “Serviço Nacional de Saúde público e de qualidade — direito à saúde para todos”, discurso durante o qual acusou o Governo socialista de ser “responsável por manter, no caso da saúde, um conjunto de problemas estruturais”.

“A obsessão pela redução do défice para valores muito mais baixos do que a própria União Europeia impõe ao nosso País e a opção errada de utilizar as centenas de milhões de euros poupados com essa redução, não no investimento público, nomeadamente na saúde, mas na ajuda aos bancos e naquele que é o grande sorvedouro dos dinheiros públicos, o serviço da dívida, coloca o governo do PS do lado daqueles que estão contra o Serviço Nacional de Saúde”, criticou.

O líder comunista não esqueceu os “posicionamentos e desenvolvimentos em torno da Lei de Bases da Saúde”.

“Alguns, avaliando a atual relação de forças na Assembleia da República como sustentação de apoio automático a uma alteração progressista à Lei de Bases da Saúde, podem estar a fazer mal as contas!”, avisou.

Jerónimo de Sousa prometeu que o partido não ficará “numa posição expectante” e, “de forma autónoma, vai travar “todos os combates necessários para que o direito à saúde dos portugueses integre o direito à vida, reforçando o Serviço Nacional de Saúde”.

Não é por acaso, de acordo com secretário-geral do PCP, que “ontem mesmo Rui Rio se tenha ‘chegado à frente'”.

“E o PS? Muita coisa mudou desde 1979. E por parte dos Governos do PS mudou para pior”, atirou.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Uma semana portuguesa, com certeza /premium

Alberto Gonçalves

É impressionante como os socialistas exibem uma ignorância tão vasta em todos os domínios terrestres e, não obstante, conseguem acumular pequenas fortunas pessoais e, para cúmulo, governar tão bem. 

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)