Seis homens foram detidos esta sexta-feira, 2 de agosto, suspeitos de violarem uma rapariga de 18 anos em Bilbao. Segundo o jornal ABC — que se refere ao caso como “a Manada de Bilbao” –, a agressão sexual aconteceu na passada quinta-feira, por volta das 23h. Depois do alegado ato, que ocorreu no parque central de Etxebarria, o grupo homens terá atirado 17 euros à vítima, deixando-a sozinha nos arbustos onde foi agredida, acrescenta o El Español.

A jovem deslocou-se ao hospital de Basurto pelo próprio pé, onde as lesões apresentadas foram consideradas próprias de uma agressão sexual. Foi também a jovem quem providenciou uma descrição física minuciosa dos alegados agressores à polícia basca, o que facilitou a rápida identificação e detenção dos suspeitos.

Tal permitiu à polícia basca, de nome Ertaintza, em colaboração com a polícia local, deter os seis homens, que têm idades compreendidas entre os 18 e os 36 anos. Todos eles são de origem argelina e magrebina.

O El País acrescenta que a jovem estava a caminhar sozinha quando se apercebeu de um grupo de homens por perto. Segundo o relato da vítima, ela deu meia volta mas um dos indivíduos correu na sua direção, agarrou-a e obrigou-a a juntar-se ao resto do grupo. A jovem relatou ainda que foi ameaçada com uma pistola.

Dos seis homens entretanto detidos, três têm vários antecedentes criminais — um deles, que alegadamente terá encabeçado o ataque, era conhecido por assaltos violentos e brigas com armas brancas.

Refira-se que em 2016 uma jovem mulher foi violada por cinco homens durante as festas de San Firmino, em Pamplona, num caso que chocou o país e que ficou conhecido como La Manada.