434kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Portugal está a conseguir um crescimento económico "acima da média" ou medíocre?

Este artigo tem mais de 2 anos

Eurostat confirmou: o PIB português cresceu 0,5% (em cadeia) e 1,8% (na comparação homóloga). Isso é um crescimento "acima da média" ou "medíocre"? Estes dois gráficos que dão a resposta.

i

Gustavo Bom / Global Imagens

Gustavo Bom / Global Imagens

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A economia portuguesa cresceu 0,5% no segundo trimestre (em cadeia, ou seja, na comparação com o primeiro trimestre do ano) e 1,8% na comparação homóloga, isto é, com o mesmo segundo trimestre de 2018. O resultado, que foi esta sexta-feira confirmado pelo Eurostat, aponta para um crescimento “acima da média europeia”, como afirma insistentemente o Governo, ou é um crescimento que não é mais do que medíocre, à luz da comparação com as economias com a mesma escala e características que Portugal?

Os dois gráficos seguintes dão a resposta.

No crescimento na comparação homóloga entre os países da União Europeia, Portugal aparece em 17º numa lista de 25 países que não inclui três países europeus: Irlanda, Luxemburgo e Malta. A previsão da Comissão Europeia para qualquer um destes três países, porém, é que cresçam bem mais do que Portugal este ano — ou seja, na realidade Portugal não irá além do 20º entre os 28 países que compõem a União Europeia.

Se a média da União Europeia, de 1,4%, fica, de facto, abaixo dos 1,8% de Portugal, o valor da UE é penalizado pelo desempenho fraco de grandes economias como a Alemanha, o Reino Unido e Itália.

Portugal aparece atrás de uma longa lista de países europeus, até a Grécia, neste momento.

E a economia nacional também já está a ser ultrapassada pela Grécia se optarmos pela comparação dos crescimentos económicos em cadeia, ou seja, na comparação trimestre a trimestre.

Também na comparação em cadeia, as economias de países como a Hungria, a Roménia, a Polónia e Chipre aparecem com taxas de crescimento bem mais rápidas do qeu Portugal. E também esta lista não inclui a Irlanda, Malta e Luxemburgo, que ainda não têm dados para este segundo trimestre.

Na comparação trimestral, Portugal, com 0,5%, está acima da média europeia? Está, porque a média europeia não vai além dos 0,2% — porque a Alemanha, o Reino Unido e a Suécia estão com taxas negativas de crescimento económico.

Alemanha em recessão. “Vendaval” ou oportunidade para Portugal?

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.