O mais recente vídeo de Nico Rosberg, ex-campeão do mundo de Fórmula 1 (F1), bem que se poderia chamar “Nico vai às compras”. Isto porque o antigo piloto visitou um dos maiores concessionários da Aston Martin, onde não só teve ocasião de ver e testar alguns dos “brinquedos” da marca britânica, como conhecer todos os acessórios para personalizar o Valkyrie.

Rosberg começa por fazer um test drive ao Aston Martin DBS Superleggera, uma máquina deslumbrante que extrai do 5.2 V12 sobrealimentado 725 cv, mais que suficientes para levar o coupé de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, para depois atingir 339 km/h. Particularmente à vontade aos comandos de um superdesportivo com tanta potência quanto a que era debitada pelo V6 do F1 com que se sagrou campeão, o ex-piloto provou que quem sabe nunca esquece.

Depois de uma breve incursão pelos Aston Martin que estavam no concessionário, entre clássicos e novos, com destaque para o novíssimo DBX, ainda enquanto protótipo, e para o Vulcan, uma  exuberante máquina reservada apenas para pista, chegou finalmente o momento de lidar com as especificações do Valkyrie, o hiperdesportivo que quer ser o melhor e o mais eficaz veículo sobre rodas.

Além de estar concentrado nos acabamentos refinados em pele, madeira e fibra de carbono, para além das cores e diferentes pormenores, Nico Rosberg ainda tem tempo para recordar que o Valkyrie na versão normal, dita a mais “calma”, consegue atingir um tempo por volta a um circuito de 75% face a um F1 moderno, ou seja, fica a apenas 25% da melhor volta, apesar de estar equipado com pneus de estrada enquanto o F1 monta slicks de competição. Se equipado com o pack Track, o Valkyrie, que é homologado para circular na via pública, roda em 97% do tempo de um F1. E a versão de competição, que vai ser utilizada no troféu monomarca, promete atingir 105% de um F1, ou seja, consegue ser 5% mais rápido numa volta cronometrada.