Pode ser o primeiro caso de coronavírus a chegar à Península Ibérica. Uma mulher foi internada no Hospital Universitário de Cruces, perto de Bilbau (País Basco), com suspeitas de pneumonia associada ao coronavírus de origem chinesa que já matou 41 pessoas na Ásia. Trata-se de uma mulher que voltou recentemente da província chinesa de Wuhan e que apresenta sintomas associados à doença.

A mulher está no isolamento no Hospital de Cruces, escreveu o jornal El Español na noite de sexta-feira.

Segundo informou o Departamento basco de Saúde, a amostra que foi colhida à mulher internada foi enviada para o Centro Nacional de Microbiologia de Espanha, em Majadahonda, o laboratório de referência para este tipo de análise. Os resultados deverão chegar no espaço de 24 a 28 horas.

Enquanto espera pela confirmação (ou não) do caso de coronavírus, a direção regional de Saúde do País Basco pôs em marcha o protocolo de atuação para estes casos: isolamento para a pessoa afetada e o início do estudo das pessoas próximas com as quais esta contactou.

Também foi dado conhecimento das suspeitas ao Centro de Coordenação de Alertas e Emergências do Ministério da Saúde em Madrid.