O Papa Francisco pediu este sábado que ninguém aproveite a crise provocada pela pandemia da Covid-19 para fazer lucro. Na missa diária celebrada na residência de Santa Marta, no Vaticano, o líder da Igreja Católica rezou para que todos tenham “uma consciência reta” e “transparente”.

“Nestes momentos de desconforto, de dificuldades, de dor, muitas vezes as pessoas veem a possibilidade de fazer uma ou outra coisa, muitas coisas boas. Mas também não deixa de vir a alguém a ideia não muito boa, de aproveitar o momento e aproveitar para si mesmo, para obter lucro“, disse o Papa Francisco.

O papa argentino acrescentou: “Rezemos hoje a fim de que o Senhor nos dê a todos uma consciência reta, uma consciência transparente, que possa mostrar-se a Deus sem envergonhar-se“.

O Papa Francisco deu este domingo início às celebrações da Semana Santa, que antecede a Páscoa, com a celebração do Domingo de Ramos numa basílica de São Pedro completamente vazia. Na sexta-feira, o líder da Igreja Católica já tinha admitido que esta seria uma Páscoa inédita, numa mensagem pascal em que elogiou os “heróis” que “se expõem ao perigo para curar esta pandemia”.

No pequeno estado da Cidade do Vaticano já foram confirmados sete casos de Covid-19 — incluindo numa pessoa que vive na mesma residência do Papa Francisco. O líder da Igreja Católica foi testado por duas vezes e deu sempre negativo. Devido à pequena dimensão do território, o Vaticano é neste momento o estado com mais casos de Covid-19 por habitante a nível mundial.