Chamada por vizinhos incomodados com o barulho, a PSP foi este sábado, ao início da madrugada, ao bairro Casal dos Machados, junto a Moscavide, tentar por fim a uma festa de aniversário que reuniria, em transgressão às regras ditadas pelo atual estado de calamidade, cerca de 100 pessoas.

Depois de duas tentativas infrutíferas, em que os elementos em festa terão recusado acatar as ordens das autoridades e regressar às respetivas casas, a PSP recebeu um terceiro e último alerta às 0h15. Quando, minutos mais tarde, chegaram ao bairro, na zona do Parque das Nações, os agentes foram recebidos com tiros, disparados de pelo menos dois blocos de apartamentos diferentes, pedras e garrafas, noticia o Correio da Manhã. A ordem só terá sido reposta quatro horas depois.

Três agentes ficaram feridos e tiveram de receber tratamento hospitalar, tal como um morador do bairro. Todos receberam entretanto alta.

Os autores dos disparos ainda não foram identificados, informou o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP em comunicado. Estarão a ser feitas diligências para proceder “à identificação dos autores dos ilícitos”, anunciou ainda o texto, onde a PSP garante que  “vai continuar a fazer cumprir as normas sobre aglomeração de pessoas de acordo com o definido pela situação de calamidade, bem como garantir a ordem e tranquilidade pública naquele local”.