A EDP Renováveis concluiu a venda de uma participação acionista de 80% num portfólio eólico e solar nos Estados Unidos à Connor, Clark & Lunn Infrastructure por 684 milhões de dólares (cerca de 560 milhões de euros).

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP informa que, através da sua subsidiária EDP Renováveis, detida em 82,6%, “foi concluída a venda de uma participação acionista de 80% num portfólio eólico e solar com 563 MW (450 MW líquidos) de capacidade instalada localizado nos Estados Unidos da América, à Connor, Clark & Lunn Infrastructure, por um valor total correspondente a um ‘enterprise value’ de 684 milhões de dólares”.

O negócio surge no seguimento da informação reportada em 2 de setembro de 2020 e a alienação concluída esta segunda-feira “faz parte da estratégia de rotação de ativos para o período 2019-22, contemplada no ‘Strategic Update’ anunciado a 12 de Março de 2019”, indica a EDP.