A publicação começou a circular no Facebook no sábado, 7 de março: “Faleceu esta madrugada António Fagundes”, lia-se. Segundo dados do Facebook, em apenas 24 horas, a publicação foi vista por 17,7 mil pessoas, e partilhada por mais de 300 utilizadores. Não é verdade, o ator brasileiro não morreu. Os boatos sobre a sua morte são recorrentes, e já acontecem pelo menos desde 2015.

Segundo a imprensa brasileira, os rumores do alegado falecimento do ator foram sobretudo difundidos através da criação de uma página intitulada “R.I.P. António Fagundes”, no Facebook, que teve quase um milhão de ‘gostos’ e onde se podia ler que o ator faleceu “às cerca de 11 horas da manhã, no sábado (7 de março de 2020)”. “António Fagundes nasceu em 18 de abril de 1949 em Rio de Janeiro. Sentiremos sua falta, mas ele não será esquecido. Por favor, mostre seus pêsames e condolências comentando e curtindo esta página”, lia-se ainda.

Mas as informações não são verdadeiras. Ainda este domingo, a propósito do Dia internacional da Mulher, o ator de 70 anos que protagonizou telenovelas como Terra Nostra ou O Rei do Gado, publicou na sua conta pessoal de Instagram um vídeo onde aparece a homenagear as mulheres, que já compõem mais de 80% do público de espetáculos culturais, diz. O ator encontra-se atualmente em cena, no Brasil, com a comédia “Baixa Temperatura – uma comédia no divã”.

View this post on Instagram

Às mulheres… ❤️ obrigado!

A post shared by Antonio Fagundes (@antoniofagundes) on

António Fagundes, cujas notícias sobre a sua morte já circulam pelo menos desde 2015 (encontram-se na internet artigos de 2015, 2016 e agora, 2020), já tinha sido alvo de outras fake news. Em maio de 2018, por exemplo, começou a circular nas redes sociais um vídeo em que um senhor, que se parecia bastante com o ator, é visto nas câmaras de vigilância de um bomba de gasolina a ser agredido, depois de se ter envolvido numa discussão com outro cidadão.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Na altura, o vídeo tornou-se viral e o nome do ator tornou-se um dos tópicos mais comentados do Twitter. Segundo os relatos, o homem de cabelo grisalho apanhado no vídeo estaria alcoolizado. A assessoria da TV Globo, estação à qual pertence Fagundes, esclareceu na altura ao jornal Estadão, de São Paulo, que não era ele no vídeo. Também a mulher de António Fagundes, Alexandra, disse nessa altura que o ator já estava a agir legalmente no sentido de que o vídeo fosse tirado do ar.

Conclusão

A publicação é falsa. António Fagundes não morreu, e já não é a primeira vez que há notícias e publicações em redes sociais a circular que veiculam esse boato. É recorrente este tipo de rumores acontecer em relação a celebridades.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

Errado

De acordo com o sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact-checking com o Facebook.

IFCN Badge