Histórico de atualizações
  • Bom dia, este liveblog fica por aqui. Vamos continuar a acompanhar os desenvolvimentos da pandemia da Covid-19 aqui:

    EUA com 942 mortos e mais de 49 mil casos nas últimas 24 horas

  • OMS diz que a pandemia acentuou comportamentos de risco de doentes crónicos

    A pandemia acentuou os comportamentos de risco de doentes crónicos e, a longo prazo, tal poderá sobrecarregar os serviços de saúde dos países, revela um relatório da OMS.

    OMS diz que a pandemia acentuou comportamentos de risco de doentes crónicos

  • Covid-19: Moçambique em calamidade pública por tempo indeterminado

    O Presidente moçambicano decretou, por tempo indeterminado, a situação de calamidade pública, mantendo, no geral, restrições, mas definindo a retoma faseada de atividades económicas.

    Covid-19: Moçambique em calamidade pública por tempo indeterminado

  • Covid-19. Estado brasileiro do Paraná anuncia testes da vacina russa em outubro

    Testes da última fase de uma futura vacina desenvolvida na Rússia contra a Covid-19 devem ser aplicados no Brasil em outubro, segundo informações divulgadas pelo governo estado do Paraná.

    Covid-19. Estado brasileiro do Paraná anuncia testes da vacina russa em outubro

  • Cabo Verde com mais 75 casos aumenta total para 4.200 infeções

    Cabo Verde registou mais 75 novos casos de Covid-19, dos quais 50 na cidade da Praia, e aumentou para 4.200 o total de infeções no país desde 19 de março, informou hoje o Ministério da Saúde.

    O Ministério da Saúde informou ainda que nas últimas 24 horas foram registados 60 recuperados, aumentando para 3.562 pessoas já com alta.

    Neste momento, o país conta com 595 casos ativos, mantém 41 óbitos e dois transferidos, de um total de 4.200 casos positivos acumulados desde 19 de março, dia em que foi registado o primeiro caso na ilha da Boa Vista.

  • Angola regista 71 novos casos e duas mortes das quais um cidadão cubano

    Angola registou 71 novos casos de Covid-19 e dois óbitos, um cidadão cubano, de 53 anos, e uma angolana de 63 anos, somando 2.876 infeções e 115 mortes, informou hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública.

    Franco Mufinda, que fazia o balanço da situação epidemiológica nas últimas 24 horas, disse que foram registados quatro casos na província do Zaire, um na de Cabinda e os restantes em Luanda, com idades entre os 23 e 76 anos, sendo 51 homens e 20 mulheres.

    O governante angolano destacou a recuperação de 23 pessoas, todas de Luanda, nas últimas 24 horas, estando ativos 1.594 casos, dos quais três são críticos, sob ventilação mecânica invasiva, 22 graves, 45 moderados, 50 leves e 1.474 assintomáticos.

  • Covid-19. OMS assegura que só recomendará vacina que for segura e eficaz

    Segundo a Organização Mundial da Saúde, vacinas em teste, apesar de “promissoras, só serão utilizadas quando forem eficazes e seguras”. Há 34 vacinas candidatas à Covid-19.

    Covid-19. OMS assegura que só recomendará vacina que for segura e eficaz

  • Marcelo sobre Avante: "A minha perceção não é tão otimista como a da DGS"

    O Presidente da República, admitiu, em declarações à SIC Notícias, que a sua perceção em relação à Festa do Avante! não é tão otimista como a da Direção Geral da Saúde (DGS) ou a do partido comunista.

    “A minha perceção não é tão otimista como a perceção da Direção-Geral da Saúde e como a perceção do partido”, afirmou.

    Marcelo Rebelo de Sousa defende que não considera que “não haja legitimidade da DGS para definir regras” ou legitimidade democrática do PCP para a realização do evento, mas que se trata de uma questão de “avaliação política”.

    Só no final do evento será possível “averiguar” quem tem ou não razão, mas afirma que, como Presidente, “ficaria muito feliz” se no final toda a generalidade dos portugueses partilhasse a mesma opinião positiva.

    Para Marcelo Rebelo de Sousa, a realização do Avante não se trata de um problema do ponto vista sanitário mas sim “da imagem” que passa.

    “O problema não é do ponto de vista sanitário mas sim da imagem da perceção”, concluiu.

  • Líder indígena Raoni recebe alta após recuperar da doença

    O líder indígena brasileiro Raoni Metuktire, que se tornou símbolo da luta pela preservação da floresta amazónica, recebeu hoje alta hospitalar após recuperar da Covid-19, doença que teve diagnosticada há uma semana.

    Raoni, de 90 anos, estava internado desde 28 de agosto no Hospital Dois Pinheiros, no estado do Mato Grosso, a 200 quilómetros da sua aldeia, depois de apresentar sintomas de pneumonia.

    O diagnóstico de Covid-19 foi posteriormente confirmado, juntamente com problemas de arritmia cardíaca.

  • Surto de Vila Verde contabiliza 82 casos

    O surto de Covid-19 em Vila Verde conta com 82 infetados, surgindo “entre três a quatro casos” por dia, mas “está controlado”, disse à Lusa o presidente daquela autarquia do distrito de Braga.

    Segundo António Vilela, não há crianças afetadas pelo surto que terá começado num restaurante, sendo que os primeiros casos foram detetados entre 25 e 30 de agosto.

    “Está controlado, temos um crescimento de três a quatro casos dentro das pessoas que estão a ser vigiadas e continuamos a fazer testes”, disse o autarca.

  • Madeira reporta quatro novos casos positivos e um total de 46 situações ativas

    A Autoridade de Saúde da Madeira informou hoje que se registam quatro novos casos positivos de Covid-19 na região, reportando um total de 46 situações ativas e um cumulativo de 171 doentes.

    Hoje há quatro novos casos positivos a reportar, pelo que a região passa a contabilizar um total cumulativo de 171 casos confirmados de Covid-19”, pode ler-se no boletim epidemiológico divulgado pelo Instituto da Administração de Saúde da Madeira (IASaúde).

    A autoridade acrescenta que três dos novos casos são de transmissão local e o outro teve origem na região Norte de Portugal continental, tratando-se de “um viajante que permaneceu durante uma semana na Madeira”.

    O IASaúde indica que o arquipélago reporta hoje “46 casos ativos, dos quais 31 são casos importados identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas no Aeroporto da Madeira e 15 são casos de transmissão local”.

    Por outro lado, “há mais um caso recuperado”, elevando para 125 o número de pessoas que conseguiram ultrapassar a infeção do novo Coronavírus.

  • Manual está a ser disponibilizado às escolas

    Em declarações à RTP, a ministra da Saúde informou que o manual com as orientações da DGS em caso de situações de Covid-19 nas turmas já está a ser disponibilizado às escolas e autoridades de saúde.

    Graça Freitas explica que o documento ajuda a esclarecer de uma “forma mais clara e legível” as regras no regresso às aulas, identificando a pessoa responsável por levar um aluno com suspeitas de infeção para a sala de isolamento, a pessoa responsável por ligar para a Saúde 24h e em que momento o caso deve ser comunicado às autoridades regionais de saúde.

    No fundo distribui responsabilidades e alinha procedimentos”, esclareceu.

    O isolamento de uma turma será averiguado caso a caso, conforme as normas internacionais do risco de exposição

    A ministra recorda que o regresso às aulas não é “uma situação completamente nova”, referindo-se aos alunos do 11º e 12º que se dirigiram às escolas, em maio, para a preparação dos exames nacionais. No entanto, os ministérios estão disponíveis para receberem “contributos de aperfeiçoamento” às orientações da DGS.

  • Escolas estão preparadas para o regresso às aulas e o manual da DGS já está disponível

    O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, afirmou hoje que as escolas estão preparadas para o regresso às aulas e o manual com normas da DGS em caso de situações de Covid-19 já está disponível.

    Em declarações à RTP, durante uma visita à Escola Secundária Pedro Nunes, em Lisboa, o ministro afirmou que o pessoal docente e não docente das escolas esteve a “formar-se e a trabalhar” para a criação de planos de contingência, caso exista um caso suspeito ou positivo do novo coronavírus.

    “As escolas estão preparadas e o manual com normas da DGS já está disponível, tendo também protocolos e procedimentos para a possibilidade de um caso suspeito, positivo ou até mesmo um surto”, afirmou.

    Defende ainda que “desde julho”, o governo esteve atento às regras internacionais e às experiências de outros países e “durante este tempo as escolas estiveram a preparar-se” tendo já “um conhecimento refinado e profundo” sobre o que fazer para se prepararem para o novo ano letivo.

    O manual vem desta forma “adensar” os protocolos já existentes entre as escolas, as autoridades de saúde e as autarquias e dar mais confiança aos pais, às famílias e aos alunos.

  • Segurança Social coloca mais dois funcionários em lar de Santarém após novos casos

    A Segurança Social colocou mais dois funcionários no lar na Póvoa de Santarém onde foi detetado um surto de cCvid-19, depois de terem sido detetados mais dois casos positivos na quinta-feira, adiantou hoje o presidente da Câmara de Santarém.

    Em declarações à agência Lusa, Ricardo Gonçalves (PSD) explicou que, segundo as informações veiculadas pela Segurança Social, hoje iriam começar a trabalhar um diretor técnico e uma assistente social, na Casa de Repouso Fonte Serra, para substituírem as pessoas que contraíram o coronavírus.

    Segundo o autarca, que falava à tarde, na residência sénior encontram-se 21 doentes com Covid-19, 11 funcionários, um médico, dois enfermeiros, um diretor técnico e uma assistente social.

    Além do diretor técnico e da assistente social que se juntaram à equipa, no fim de semana vai haver ainda o reforço de um enfermeiro.

  • Reino Unido regista 1.940 novas infeções, maior número desde fim de maio

    O Reino Unido registou 10 mortes e 1.940 novas infeções de Covid-19 nas últimas 24 horas, o maior número de casos num único dia desde o fim de maio, de acordo com dados publicados hoje pelo ministério da Saúde britânico.

    O número de casos diários está a crescer continuamente há dois meses, em parte porque mais pessoas têm sido sujeitas a testes, mas também porque a proporção de pessoas com resultado positivo está a subir.

    Na quinta-feira, o Reino Unido tinha registado 13 mortes e 1.735 novos casos de infeção.

    O total acumulado desde o início da pandemia de Covid-19 passou hoje para 41.537 mortes e 342.351 casos de contágio, de acordo com o balanço oficial do Governo britânico.

  • França com perto de 9 mil novos casos, um recorde diário

    Em apenas dia, há mais 8.975 casos de Covid-19 em França, um novo recorde diário desde que começou a pandemia, de acordo a Reuters. No total, houve mais de 309 mil casos confirmados desde que começou a pandemia.

    Os dados das autoridades de saúde francesas mostram que não houve novas mortes para lá das 30.686 que já se tinham verificado até o dia anterior.

    O número de pessoas hospitalizadas sobe pelo sexto dia consecutivo, havendo agora 4.671 doentes nessas condições. Ainda assim, um número que fica bem longe do máximo registado de abril (32.292 pessoas).

  • TAP retoma voos de Lisboa para a Venezuela a 15 de dezembro

    A TAP irá retomar as ligações de Lisboa a Caracas, na Venezuela, a partir de 15 de dezembro, com dois voos por semana, de acordo com um comunicado hoje divulgado pela companhia aérea portuguesa.

    O documento adianta que a partir de dezembro “a TAP passa a realizar dois voos por semana entre as capitais de Portugal e da Venezuela, às terças e sextas, com partida de Lisboa às 10h e chegada a Caracas às 14h40”.

    “No sentido contrário, os voos da TAP vão partir da Venezuela às 17h10, chegando ao aeroporto Humberto Delgado [em Lisboa] às 5h15 do dia seguinte (horas locais)”, segundo a companhia.

    A empresa adianta ainda que “os voos vão ser operados com Tripulação TAP, num avião A330-900 neo com capacidade para 298 passageiros”, estando já abertas as vendas de passagens ao público.

  • Itália tem 11 mortes e 1.733 infeções

    As autoridades italianas revelaram que houve 1.733 novos casos e 11 mortes no último dia, segundo o jornal Corriere della Sera.

    Estes dados representam um aumento face ao dia anterior (em que foram reportados 1.397 casos e 10 óbitos).

  • Covid-19. Urgência do Hospital de Santarém regressa sábado à normalidade

    O Hospital Distrital de Santarém viu diminuída a sua capacidade de resposta por ter 19 médicos da escala do seu Serviço de Urgência ausentes, quatro com Covid-19 e 15 em isolamento.

    Covid-19. Urgência do Hospital de Santarém regressa sábado à normalidade

  • Montemor-o-Novo prolonga Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil

    A Câmara de Montemor-o-Novo prolongou, pelo menos até 14 de setembro, o Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil (PME), deliberado em 17 de agosto pela Comissão Municipal de Proteção Civil, informou hoje o município.

    O despacho, assinado na segunda-feira pela presidente da câmara, Hortênsia Menino, justifica a decisão com “a Situação de Alerta para o distrito de Évora até às 23h59 de 14 de setembro”, declarada pelo Conselho de Ministros de 28 de agosto e o impacto do surto de Covid-19 “registado no concelho vizinho de Mora e que, entretanto, se estendeu a Montemor-o-Novo”, além do “número de casos ativos, [que eram 36] à data”.

    O documento refere, ainda, a preocupação com o impacto da Covid-19 na população em geral “e particularmente nos grupos de risco, nomeadamente os utentes das Estruturas Residenciais Para Idosos” e as “recomendações da Autoridade de Saúde Pública” para o reforço de medidas de proteção da população.

1 de 4