803kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Observador 10 anos

Clube dos 52

“Tem de haver limite nos custos de construção”

Projetar moradias ou bairros sociais? Para o arquitecto Miguel Saraiva, a habitação de custos controlados é um desafio mais aliciante – e vai ao encontro de algumas prioridades do futuro do país.
Clube dos 52

Os desafios da próxima década

Bons serviços públicos, direitos humanos, aposta reforçada no turismo, da energia, nas novas tecnologias, na mobilidade e na exploração dos oceanos. E uma reorganização do sector da arquitectura.
Clube dos 52

Imobiliário. Estamos a mudar para as periferias

A pandemia mudou a forma como olhamos para a habitação. A responsável da JLL Portugal garante que o paradigma do imobiliário mudou. Patrícia Barão defende medidas urgentes para o sector.
Clube dos 52

Demografia vai ter impacto na habitação

A pandemia mudou o paradigma do imobiliário. Do trabalho híbrido à cidade dos 15 minutos, a responsável da JLL Portugal Patricia Barão olha para os desafio próxima década nesta área.
Clube dos 52

Imobiliário. Como será a próxima década?

Redes de transportes e comunicação. Sustentabilidade. Localização. Materiais. Boas condições de arrendamento. Estabilidade política. Estes são alguns dos desafios do futuro no imobiliário em Portugal.
Clube dos 52

Saúde Mental. A aposta do futuro do país

Para uma boa Saúde Mental não basta não estar deprimido, defende a vice-presidente da Ordem dos Psicólogos. E Portugal enfrenta grandes desafios nesta área, diz Sofia Ramalho.
Clube dos 52

Mais psicólogos no SNS, melhor Saúde Mental

Apesar de a Saúde Mental ser cada vez menos um tabu, sobretudo junto dos mais novos, há ainda muito por fazer nesta área, diz a vice-presidente da Ordem dos Psicólogos, Sofia Ramalho.
Clube dos 52

Mais psicólogos, mais saúde, mais desenvolvimento

Na próxima década, os psicólogos estarão na vanguarda da inovação em Saúde Mental, trabalhando com políticos, educadores, empresários e a sociedade civil para um país mais saudável e desenvolvido.
Observador 10 anos

Os portugueses mais influentes dos últimos 50 anos

Da política à literatura, do desporto à economia, da música ao mundo empresarial, estes são os 10 portugueses mais marcantes desde o 25 de Abril, de acordo com os leitores do Observador.
Clube dos 52

Imobiliário: muita regulamentação, pouca regulação

Falta de investimento em habitação pública, muitas casas devolutas, uma lei de arrendamento que não funciona. Os problemas – e soluções – no imobiliário, de acordo com o investigador Luís Mendes.
Clube dos 52

“O Estado devia tratar do seu património devoluto”

Há casas suficientes no país para aliviar o problema da habitação, mas não estão disponíveis. O geógrafo Luís Mendes aponta esta e outras razões para uma crise de que o Estado é o grande responsável.
Clube dos 52

Que soluções para a crise de habitação?

A habitação é um pilar esquecido do Estado Social. A bonificação dos juros foi um bom investimento, mas é preciso apostar no arrendamento, no edificado público ou na penalização de casas devolutas.
Clube dos 52

“As crianças não têm tempo para ser crianças”

O seu filho vai sozinho para a escola? Joga à bola na rua? Sobe às árvores? Para o investigador Carlos Neto, ecrãs a mais e brincadeira a menos prejudicarão as crianças portuguesas no futuro.
Atualidade

“É proibido brincar e correr”

Temos uma sociedade muito protetora, sem espaço para o improviso, a brincadeira, o risco. Crianças sem joelhos esfolados serão adultos imaturos, diz Carlos Neto, especialista em motricidade infantil.
Clube dos 52

Agarrados pela mão e pelos ecrãs

Sem atividades arriscadas, sem contacto com a natureza, sem autonomia e sem tempo para brincar. As crianças têm hoje a vida demasiado facilitada, mas isso só lhes vai dificultar o futuro.
Clube dos 52

Saúde e apoio social: mais cooperação, mais futuro

Hoje vivemos muito mais. Mas para vivermos muito melhor é importante integrar de forma mais eficaz a saúde e o setor social, defende Ana Jorge, provedora da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
Atualidade

Ajudar a conquistar autonomia e independência

Vacinas, saneamento, condições de habitação, esperança de vida. Portugal mudou para melhor, mas há muito por fazer, sobretudo nos hábitos, diz a provedora da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
Clube dos 52

Saúde e setor social mais integrados 

Precisamos de novos modelos para reforçar as políticas públicas de longevidade e de criar condições para reter os mais jovens. Por isso temos de aproximar os profissionais de saúde aos da área social.
Clube dos 52

O que temos para vender, além da geografia?

Se Portugal tivesse sido mais empreendedor e independente nas últimas décadas, talvez não tivesse agora um futuro tão incerto, acredita o consultor de comunicação Pedro Bidarra.
Atualidade

“E o dinheiro para os próximos dez anos?”

Depois das décadas de otimismo europeu e da vontade de arriscar vieram os anos da incerteza. Para o consultor de comunicação Pedro Bidarra, o futuro de Portugal pode trazer atritos difíceis de gerir.
Clube dos 52

Uma Babel com vista para o mar

O sonho de unidade europeia desvanece-se e todo o Oeste vacila. Em que direcção estenderemos a mão nos próximos dez anos? Onde iremos buscar o dinheiro que desencantamos sempre que estamos à míngua?
Clube dos 52

Cidades. Bons transportes e bons passeios

“Não se trata de não poder ter carro”, diz Rita Castel’ Branco, especialista em mobilidade urbana, a propósito das deslocações nas cidades. “Trata-se de ter a opção de poder não ter carro.”
Clube dos 52

Cidades que “falam” com as pessoas

Melhores cidades, com melhores respostas e alternativas para todos, ajudam a formar melhores cidadãos. É essa a convicção de Rita Castel’ Branco, especialista em mobilidade urbana.
Clube dos 52

Mudar as cidades

Cidades que privilegiam o automóvel, fazendo tudo para o servir, acabam por incentivar o seu uso, favorecendo a liberdade de quem conduz à custa da liberdade dos outros.
Observador 10 anos

10 portugueses mais influentes do pós-25 de Abril

A poucos dias dos 50 anos do 25 de Abril, o Observador tem um desafio para leitores e ouvintes: escolher os dez portugueses que mais os marcaram nas últimas cinco décadas. Vote até ao dia 28.
Clube dos 52

Produtividade: o desafio que escolhemos ignorar

Infraestruturas, emprego, desburocratização, redes digitais, habitação, mobilidade. Uma conversa com o economista Pedro Pita Barros sobre estes e outros desafios para o futuro de Portugal.
Clube dos 52

Quando é que vamos falar de produtividade?

Pedro Pita Barros é o primeiro convidado das entrevistas do Clube dos 52. O economista fala sobre a produtividade das empresas portuguesas e como a legislação atual não as torna mais competitivas.
Clube dos 52

Cinco ideias para o futuro de Portugal

A produtividade é o desafio que escolhemos ignorar no país. Temos de mudar o paradigma e o desenvolvimento da infraestrutura digital deverá estar no topo das prioridades.
Clube dos 52

Clube dos 52. O futuro nos 10 anos do Observador

A partir de 25 de março, e a propósito do décimo aniversário do Observador, desafiamos 52 personalidades da sociedade portuguesa a refletir sobre o futuro e o país que querem ter daqui a dez anos.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Há 4 anos recusámos 90.568€ em apoio do Estado.
Em 2024, ano em que celebramos 10 anos de Observador, continuamos a preferir o seu apoio.
Em novas assinaturas e donativos desde 16 de maio
Apoiar
Junte-se ao Presidente da República e às personalidades do Clube dos 52 para uma celebração do 10º aniversário do Observador.
Receba um convite para este evento exclusivo, ao assinar um ano por 99€.
Limitado aos primeiros 100 lugares
Assinar agora Ver programa