Dark Mode Wh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Eduardo Lourenço
Livros

Eduardo Lourenço e a geração lesa-pátria

108
As fragilidades do pensamento social não resultam apenas de os indivíduos lerem pouco, mas também de tutelas letradas irmanadas numa bolha intelectual solitária e autocomplacente face aos seus vícios.
Eduardo Lourenço

Maio de 68 foi uma "euforia estranhíssima"

119
Eduardo Lourenço considera que os momentos da revolta estudantil de maio de 68 foram "de um entusiasmo delirante", que não deixou "nada"além de uma "memória", que talvez inspire o futuro.
Eduardo Lourenço

"Os lobos não se comem uns aos outros"

Eduardo Lourenço aproveitou uma conferência sobre a Europa para afirmar que "EUA e Rússia andam a brincar às guerras virtuais". O ensaísta recordou que "os lobos não se comem uns aos outros".
Literatura

Eduardo Lourenço distinguido na Academia Francesa

1640
O ensaísta Eduardo Lourenço foi distinguido na Academia Francesa com o Prémio de Divulgação da Língua e Literatura Francesas.
Eduardo Lourenço

Eduardo Lourenço recebe Prémio Vasco Graça Moura

240
O ensaísta Eduardo Lourenço, conselheiro de Estado, será o primeiro galardoado com o Prémio Vasco Graça Moura - Cidadania Cultural. O júri realçou o "percurso intelectual do premiado".
Presidenciais 2016

Eduardo Lourenço no Conselho de Estado

714
O ensaísta e escritor Eduardo Lourenço tem assento no órgão de consulta do Presidente por escolha pessoal de Marcelo. "Fiquei surpreendido", disse à TSF.
Livros

Aprender a ler

611
Quem lê está automaticamente mais contente com a vida. Melhor preparado para o combate e a dificuldade, mais habilitado a tomar decisões criativas.
Cultura

Eduardo Lourenço vence Prémio Vasco Graça Moura

O Prémio Vasco Graça Moura-Cidadania Cultural foi atribuído, na sua primeira edição, por unanimidade, ao ensaísta Eduardo Lourenço, de 92 anos.
Conversas à Quinta

Livros: a escolha dos melhores de 2014

Uma biografia de Lutero e outra de Ernst Jünger. Ensaios de Eduardo Lourenço e João Carlos Espada. Ruben Fonseca e Black & Mortimer. Uma escolha variada de alguns dos melhores livros de 2014.
Pós-troika

Um povo que não se governa nem se deixa governar?

1041
Não foi Passos mas sim Eduardo Lourenço quem primeiro falou de um povo a viver teimosamente acima das suas posses. Teimosamente é mesmo o termo: foi-se a troika, regressam os velhos tempos. Sem emenda
A página está a demorar muito tempo.