436kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Pós-troika

Tempestade Perfeita

A troika foi chamada há 10 anos. O que aprendemos?

Alguma coisa já mudou no país e na Europa. Mas os riscos principais para uma crise de financiamento continuam.
Financial Times

Como ler o editorial do FT (guia para socialistas)

Ignore, por favor, a referência a “ainda haver muito por fazer”. António Costa não tem de fazer nada. As coisas, como estes quatro anos provaram, acontecem sozinhas.
Carpool

Sócrates? "Foi um momento de dificuldade. E dor"

A reversão das medidas impostas pela troika. Ainda o escândalo Sócrates. E a resposta à pergunta sobre o pedronunismo: ""Não me revejo em nenhum ismo". Best of do Carpool com Vieira da Silva.
Rui Rio

O regime da irresponsabilidade

Tal como o PS apagou as suas responsabilidades na bancarrota de 2011, o PSD pretende apagar as suas responsabilidades na saída limpa de 2014. Daí os "acordos" desta semana.
Wolfgang Schäuble

Schäuble. As 7 frases marcantes sobre Portugal

O ministro das Finanças alemão vai deixar uma das pastas mais poderosas da União Europeia. Ao longo dos anos, Wolfgang Schäuble falou muito sobre Portugal. Veja as críticas e os elogios.
Crescimento Económico

Queremos voltar à pré-troika?

Com níveis de poupança tão baixos, a única forma razoável de aumentar o investimento será atrair investimento estrangeiro. Criar as condições para essa atracção deve ser uma prioridade política.
Mercados Financeiros

Risco da dívida sobe para máximos do pós-troika

Desde o verão de 2014, final do programa de ajustamento, que o risco da dívida portuguesa não era tão elevado. Impasse com Bruxelas e receio de corte do "rating" está a pesar no risco português.
Pós-troika

Os 18 "recados" que a troika vai trazer a Portugal

Impostos, salários e concorrência. Diário de Notícias cita documento da Comissão Europeia com 18 problemas que estrangulam o investimento empresarial no país e que devem ser resolvidos urgentemente.
Governo

10 notas para memória futura

Prometi não escrever nada enquanto não visse o quadro todo. Passado mais de um mês, aqui estão 10 notas simples sobre o que acho disto tudo. Prometo ser breve (na próxima vez)
Governo

Governos peculiares

Se sequer imaginássemos que o PCP ou o BE pretendessem que Portugal saísse do Euro, teríamos dificuldades em delinear uma estratégia mais eficaz.
Governo

PS aceita estudar "sustentabilidade da dívida"

Acordo com o Bloco prevê grupo de trabalho para estudar "sustentabilidade da dívida externa" portuguesa. Ministro das Finanças estará nas reuniões, com primeiro relatório ao fim de 6 meses.
Governo

Passos desafia Costa. Medidas extra a votos na AR

Governo pode aprovar amanhã o prolongamento das medidas extra em vigor: corte de salários e sobretaxa. Ministro marcou votação para antes de Costa entrar em funções. Dúvida: como votarão PCP e Bloco?
Governo

Programa. Direita vinca défice abaixo de 3%

A direita já espera que o PS queira chegar ao Governo e "antecipar" despesa, culpando-a pelo falhanço das metas. Programa vai vincar as vantagens de cumprir para o Governo que entra.
Legislativas 2015

Tem a certeza? A pergunta dos gestores a Costa

Empresários e gestores tremem de pensar num Governo de esquerda. Os banqueiros, só falam sob reserva. A maioria insiste no bloco central, mas há quem veja um lado bom em pôr o BE e PCP à experiência.
Legislativas 2015

7 dados que faltam para saber que Governo teremos

Até onde cedem PCP e BE? Como fica o programa de Centeno? Que hipóteses tem ainda Passos? E que papel terá o Presidente - este e o próximo? Sete dados em aberto que vão determinar que Governo teremos.
15 questões eleitorais

Precisamos mesmo de uma maioria?

Haver uma maioria nas eleições em Portugal é importante para os investidores estrangeiros, mas não é essencial. As preocupações? A continuidade das reformas e manter PCP e Bloco fora de jogo.
Legislativas 2015

Como eles, na Europa, veem as nossas eleições

Como está, afinal, Portugal? Melhor ou pior? De que é que o país precisa e o que está em cima da mesa nas eleições? O Observador ouviu 7 eurodeputados de várias alas e países. E não faltam adjetivos.
Coligação

Como deveria ter sido

Isto é diferente do que deveria ter sido. Bem diferente do movimento de Mudança de que Portugal precisa para vencer duradouramente os seus problemas.
Pós-troika

FMI sai de Portugal a dias das legislativas

A delegação permanente do Fundo Monetário Internacional vai fechar no final de setembro e, ao fim de quatro anos, o representante do Fundo em Lisboa, Albert Jaeger, vai voltar a Washington.
Comentário

Um aviso para quem fica, um alerta para quem vem

O FMI deixou claro o que vai dizer ao próximo inquilino de São Bento: não mudar de políticas e acelerar as reformas. Para o atual Governo há também uns recados. Análise Observador/ TVI24.
Pós-troika

PS diz que relatório do FMI é "um aviso à maioria"

O PS considerou que o relatório do FMI é "um aviso à maioria", uma vez que a instituição questiona a capacidade do Governo português em atingir as metas do défice com que se comprometeu.
Pós-troika

FMI: Maior risco para Portugal? A Grécia

O Fundo diz que o impacto tem sido residual mas a situação na Grécia pode continuar a provocar turbulência nos mercados e Portugal está exposto, devido à sua elevada dívida pública.
Pós-troika

Governo tem de dizer quem perde com o Novo Banco

Já passou um ano desde a resolução e do empréstimo do Fundo de Resolução para criar o Novo Banco, mas o Governo ainda não esclareceu como serão alocadas as eventuais perdas aos bancos. FMI quer saber.
Pós-troika

FMI: Eliminação da sobretaxa em risco

FMI duvida das contas: receitas abaixo do esperado ou cortes pouco expressivos na despesa podem levar ao adiamento, ou mesmo cancelamento parcial, dos planos para eliminar a sobretaxa de IRS.
Pós-troika

Novo Governo deve manter políticas, diz FMI

FMI volta a avisar: não é possível mudar a política económica e os próximos anos têm de ser aproveitados para aprovar novas reformas. Eis o trabalho para casa do FMI ao próximo Governo.
Reforma do Estado

O partido-estado e a reforma do Estado

O partido-estado é uma espécie de guardião do regime e de todos os direitos adquiridos, sempre ausente mas sempre omnipresente. É o “partido do povo”, dos interesses permanentes, inorgânico e pastoso.
Pós-troika

Subir Lall: Manter pensões? Só se subirem impostos

Em entrevista ao Observador, o chefe da missão do FMI diz que só é possível manter as pensões se os portugueses estiverem dispostos a contribuir mais. E avisa: vão ser precisos consensos políticos.
Pós-troika

Subir Lall: Manter pensões? Só se subirem impostos

Em entrevista ao Observador, o chefe da missão do FMI diz que só é possível manter as pensões se os portugueses estiverem dispostos a contribuir mais. E avisa: vão ser precisos consensos políticos.
Pós-troika

FMI já não manda aqui? Nunca mandou,diz Subir Lall

Subir Lall admite que a relação com o Governo mudou com o fim do memorando, mas os objetivos são comuns. A ideia de que o FMI podia chegar e impor o que queria é um mito, diz o chefe de missão do FMI.
Pós-troika

Governo garante défice sem mais medidas

Passos Coelho e Portas insurgem-se contra avaliação do FMI. Défice será inferior a 3% e sem medidas adicionais.
Pós-troika

Banco de Portugal pede mais reformas estruturais

Banco central mantém previsões da economia, mesmo com reversão de parte das medidas que está prevista pelo Governo no Programa de Estabilidade apresentado em abril.
Pós-troika

Troika regressa hoje a Lisboa

A 'troika' regressa hoje a Portugal para a segunda monitorização pós-programa, no âmbito das visitas semestrais que vão continuar até o país reembolsar a maioria dos empréstimos contraídos.
Pós-troika

Troika regressa a Portugal em junho

Segunda avaliação pós-programa a Portugal começa a 4 de junho. Relatório vai sair ainda antes das legislativas, que preocupam os credores.
Legislativas 2015

"Custos de uma rutura com a UE são inaceitáveis"

Rendeu-se à baixa da TSU, quer travar os recibos verdes, admite que as importações vão subir no plano do PS. Mas diz que só estimulando o consumo se evitará outra crise. Vieira da Silva em entrevista.
PS

Um crescimento urgente. Um crescimento diferente

Este não é um documento sagrado, com verdades incontestáveis. Apresenta escolhas e desenha uma alternativa. É hoje um documento aberto ao escrutínio e a discussão. É isso que aqui estamos a fazer.
Legislativas 2015

Costa diz que Passos se engana nas prioridades

O líder do PS criticou terça-feira o primeiro-ministro por querer reduzir custos do trabalho, em vez de olhar para os rendimentos de um país onde, segundo a OCDE, os salários mais baixaram.
Governo

Lembra-se de Baptista da Silva? Eis o que diz hoje

Ficou famoso por se apresentar como economista da ONU e criticar o Governo e a UE pela gestão da crise. Fomos ouvir o que tem a dizer hoje. Aqui está ele, igual a ele próprio: Artur Baptista da Silva.
Legislativas 2015

Costa leva programa do PS a exame orçamental

Economistas já terminaram "programa alternativo" para as legislativas - que obriga a negociar com a UE uma flexibilização das regras europeias. Programa só fecha depois de nova verificação de contas.
Pós-troika

"O “sol na eira e a chuva no nabal” é inaceitável"

Guilherme d'Oliveira Martins, Isabel Vaz, João Cardoso Rosas, Vasco Valente e Ferraz da Costa: que fatores são decisivos, para eles, nas eleições legislativas e presidenciais.
Pós-troika

Horta Osório: Não podemos ir num caminho sem saída

"Imagine que íamos voltar a gastar para dinamizar a economia e que não resultava. O que é que fazíamos? Austeridade ao quadrado?". Em entrevista ao Observador, Horta Osório fala do país. Com otimismo.
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.