Os juros da dívida soberana de Portugal estavam a subir em todos os prazos, depois de o Governo entregar a proposta do Orçamento do Estado para 2015, em que estima que o défice seja de 2,7% do PIB. Pelas 09h30 em Lisboa, os juros a dois anos estavam a subir para 0,948%, acima dos 0,739% de quarta-feira.

Na maturidade dos cinco anos, os juros estavam também a subir dos 1,957% para 2,178%. No prazo de 10 anos, os juros estavam a avançar dos 3,273% para os 3,407%. De acordo com a proposta apresentada pelo executivo, o défice orçamental em 2015 deverá ficar 0,2 pontos percentuais acima do acordado com a ‘troika’.

A nível europeu, os investidores estão preocupados com a rejeição dos parceiros europeus a um fim antecipado do programa de resgate pedido pela Grécia.

Os planos do executivo de Samaras passavam por sair do programa de assistência financeira até ao final deste ano, com base na melhoria das finanças públicas, na descida dos juros da dívida pública, e no regresso ao financiamento no mercado, em abril, depois de quatro anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 09h30.

 

2 anos… 5 anos… 10 anos

Portugal

16/10….. 0,948….2,178….3,407
15/10….. 0,739….1,957… 3,273

Grécia

16/10….. n disp…n disp…..8,431
15/10….. n disp…n disp…..7,854

Irlanda

16/10……0,027….0,574….1,816
15/09….0,032……0,506….1,694

Itália

16/10……0,671…..1,272……….2,532
15/10……0,533…..1,144……2,421

Espanha

16/10……0,493….1,051….2,221
15/10……0,415….0,926….2,111

Fonte: Bloomberg Valores de ‘bid’ (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.