A assinatura do protocolo de constituição do consórcio UNorte.pt, que junta as universidades do Minho, Porto e Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), decorre sexta-feira, em Vila Real, numa cerimónia presidida pelo primeiro-ministro, anunciou esta segunda-feira fonte da organização. A cerimónia contará com a presença do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho e dos reitores António Cunha, da Universidade do Minho, Sebastião Feyo de Azevedo, reitor da Universidade do Porto e António Fontainhas Fernandes, reitor da UTAD.

Segundo informa um comunicado enviado à agência Lusa, a concretização do consórcio UNorte.pt permitirá que as três instituições, dentro da sua autonomia e independência institucional, tirem partido de um reforço da articulação conjunta em domínios considerados de interesse mútuo. Nomeadamente ao nível da oferta educativa, das plataformas de conteúdos para ensino a distância e cursos online, da mobilidade de estudantes, da investigação, da partilha de recursos humanos, do investimento em áreas de interesse comum, bases de dados ou infraestruturas científicas ou da representação conjunta em redes transnacionais.

Nos objetivos está ainda a promoção internacional conjunta da Região Norte como espaço de formação superior de referência e de investigação, onde se inclui a realização de ações conjuntas para atração de estudantes e investigadores estrangeiros. Bem como, de acordo com o comunicado, a dinamização do empreendedorismo académico, do desporto universitário, da ação social escolar e da iniciativa cultural.

O consórcio surgiu na sequência do memorando de entendimento assinado em 10 de abril de 2014, nas instalações da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-Norte), no Porto.

Na ocasião, a CCDR-N referiu que a união das três universidades do norte vai permitir “articular e potenciar a cooperação estratégica institucional entre as universidades envolvidas e participar proactivamente na construção de uma estratégia regional inteligente no âmbito do próximo quadro comunitário de apoio”.