Presidenciais 2016

Viva, Dª Constança! António Vitorino diz que “um dia destes” falará das presidenciais

"Um dia destes falarei sobre esse tema", diz António Vitorino ao Expresso. O comentador da SIC entra na lista dos que fazem das presidenciais um tabu.

Não há festa nem festança sem que perguntem pela Dª Constança – e as presidenciais, claro, não poderiam ser exceção: António Vitorino resolveu abrir um tabu sobre se pode, ou ser, ser o candidato a Belém que o PS deseja se, lá está, António Guterres não quiser avançar. Ganhando tempo, mas abrindo um tabu, Vitorino diz uma frase este sábado ao Expresso que lhe permite ganhar tempo: “Um dia destes falarei sobre esse tema”.

Nas mesmas páginas, um ministro do CDS que esteve esta semana com Guterres espicaça a curiosidade entre os socialistas. Pires de Lima esteve em Davos com o ex-primeiro-ministro, a discutir a situação económica mundial com alguns dos mais influentes gestores, empresários e líderes do mundo, e o que viu deixou-o entusiasmado: “Gostei muito de o ver e ouvir, ele está em grande forma. Continua com todas as qualidades políticas que o levaram a primeiro-ministro”, disse ao Expresso.

Vitorino não acrescentou mais, porém. Mas depois do desafio público lançado por António Costa, fica garantida a audiência para os próximos debates com Santana Lopes – outro pré-candidato, este mais assumido – na SIC-Notícias, às terças-feiras. No último onde apareceu (esta semana não foi), Vitorino disse que não mexeria “uma palha” nesse campo. As sondagens que têm sido publicadas mostram que teria tanta vantagem sobre os possíveis candidatos à direita como Guterres – na pior das hipóteses, quatro por cento sobre Marcelo Rebelo de Sousa, mesmo assim prometendo luta renhida.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
PS

O terrível regresso da "Europa da troika" /premium

Miguel Pinheiro

Nas eleições europeias, o PS é contra a "Europa da troika", contra a "Europa dos populistas" e contra a "Europa do Brexit". Ou seja: é uma soma de confusões, contradições e baralhações.

Venezuela

Um objeto imóvel encontra uma força imparável

António Pinto de Mesquita

Num dos restaurantes mais trendy de Madrid ouve-se o ranger de um Ferrari que para à porta. Dele sai um rapaz novo, vestido com a última moda. Pergunta-se quem é. “É filho de um general venezuelano”.

Enfermeiros

Elogio da Enfermagem

Luís Coelho
323

Muitos pensam que um enfermeiro não passa de um "pseudo-médico" frustrado. Tomara que as "frustrações" fossem assim, deste modo de dar o corpo ao manifesto para que o corpo do "outro" possa prevalecer

Poupança

O capital liberta

André Abrantes Amaral

É do ataque constante ao capital que advêm as empresas descapitalizadas, as famílias endividadas e um Estado sujeito a três resgates internacionais.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)