Não, não há nenhum ingrediente secreto que faça rir às gargalhadas após cada dentada. A piada, em itálico porque vem de Itália (passe a redundância), é, simplesmente, o nome da massa que dá origem às piadinas, a comida de rua tradicional da região de Emilia-Romagna que serve de mote ao La Bottega Piadina, um espaço pequeno (mas luminoso) aberto há pouco mais de duas semanas no Chiado, em Lisboa.

A história — não a da piadina mas a deste espaço — remonta a 2011, altura em que Mariana, a namorada de João Silva Carvalho, um dos responsáveis, lhe contou que tinha visto vários espaços dedicados à especialidade em Barcelona. João falou com Ricardo Averini (o outro sócio) e depois de avanços e recuos, puseram mãos à obra em setembro de 2012. Foi, portanto — e tendo em conta que passaram quase três anos desde essa altura — um parto difícil, quase a ferros: envolveu um plano de negócios, viagens a Itália, autorizações para a reconversão de um espaço que era uma loja de ténis, as obras nesse mesmo espaço e vários testes até se atingir a massa perfeita. A piada perfeita, aliás.

la bottega piadina,

O espaço é simples e pequeno, senta apenas 18 pessoas (em breve, contudo, terá capacidade para 25) / © Hugo Amaral

“A receita da piadina não é consensual: na própria região de Emilia Romaglia há várias cidades que dizem que a deles é que é a original. Por isso fizemos vários testes até chegar à nossa massa”, conta Ricardo Averini, cujo apelido não engana, é mesmo descendente de italianos. Desse processo resultou uma massa feita com gordura vegetal, sem fermento, e uma ementa, escrita numa das paredes do espaço, que pretende ser dinâmica, oferecendo sempre sete ou oito piadinas, nunca mais. Isto para não acontecer o mesmo que aconteceu a João num sítio em Milão, com a mesma especialidade. “Olhei para o menu e perdi-me, aquilo era um mundo, havia vinte e tal opções”, conta.

Assim, para já, são oito as piadinas que fazem parte da ementa. Exemplos: Ciao Bella (6,5€), com mozzarella, presunto, pesto, tomate e rúcula; Bottega (6,5€), com provola affumicata, presunto, rúcula e balsâmico; Mare (8€), com salmão, stracchino e rúcula; Oliva (6€), com brie, courgette e pasta de azeitona.  “A massa permite fazer muitas outras combinações”, diz Ricardo que, assegura, não tardarão a ser introduzidas. Outras novidades que estão para breve: a meia piadina, para quem não quer fazer uma refeição completa, a miniatura com nutella, para ser servida em menu, com capuccino ou café, e as piadinas com sabores portugueses. Com sorte, todas elas para serem apreciadas na esplanada que, segundo os responsáveis, também está para breve.

Nome: La Bottega Piadina
Morada: Calçada do Combro, 8 (Chiado), Lisboa
Telefone: 21 099 0668
Horário: De terça a domingo, das 12h00 às 22h00. À sexta e sábado fecha à 00h00.
Preço médio: 8€
Reservas: Não aceitam