A Alemanha reafirmou esta segunda-feira que a questão das reparações de guerra com a Grécia é um assunto encerrado, depois do ministro dos Negócios Estrangeiros da Grécia ter sugerido em entrevista a um jornal alemão a constituição de uma comissão conjunta entre a Grécia e a Alemanha para analisar a questão das reparações.

“Para nós, o capítulo das reparações está política e legalmente fechado”, disse um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Alemanha. Pouco depois foi a vez do porta-voz da chanceler alemã, que se encontra hoje com Alexis Tsipras, a reafirmar que a posição da Angela Merkel não mudou, ou seja, assunto encerrado.

A questão foi levantada novamente pela Grécia, numa entrevista publicada pelo jornal alemão Süddeutsche Zeitung ao ministro dos Negócios Estrangeiros grego, Nikos Kotzias. Este governante sugeriu que os dois países constituíssem uma comissão conjunta, formada por especialistas, para analisar o tema.

A ideia seria aliviar alguma da tensão que tem sido criada entre os dois países com a exigência das reparações pela Grécia, um tema que a Alemanha se tem recusado a debater desde que o Governo grego começou a levantar esta questão.