Durante um jantar num restaurante em Atenas na noite de ontem, Yanis Varoufakis, ministro das Finanças grego, foi atacado por um grupo anarquista. Tentaram agredi-lo, mas o ministro relatou que a mulher se pôs entre ele e os atacantes, impedindo qualquer contacto corpo a corpo. Depois disto, o governante relatou ainda que conversou com o grupo durante cerca de 15 minutos, acabando por acalmar os ânimos.

O ministro grego e a sua mulher Danae estavam a jantar no bairro Exarchia quando um grupo anarquista terá entrado no estabelecimento e ordenado o ministro a sair do seu “território”. O grupo terá depois tentado atacar o ministro, mas a mulher deste colocou-se à sua frente, impedindo-os de chegar a Varoufakis.

Perante isto, os atacantes avisaram que ficariam à espera que os dois saíssem do restaurante, enquanto continuaram a ofender o ministro.

Quando os dois se encaminharam para a sua mota, foram novamente abordados pelo grupo. “Comecei a falar com eles, disse-lhes que os queria ouvir, mesmo que me batessem. Depois de 15 minutos de tensão, as coisas acalmaram”, relatou o ministro a várias agências internacionais.