O Observador experimentou o ASUS T300 Chi, o novo híbrido da marca de Taiwan. Se não está familiarizado com o conceito, nós explicamos: trata-se de um dispositivo móvel que é, simultaneamente, um computador portátil e um tablet. Como é isto possível? A base — ou seja, a parte do computador que tem o teclado — separa-se do ecrã, normalmente dotado da tecnologia touchscreen (ecrã tátil).

O ASUS T300 Chi tem 12,5 polegadas, é robusto e fabricado em alumínio. Também é silencioso, pois não possui ventoinhas para refrigeração. Corre o Windows 8.1 como sistema operativo e a resolução do ecrã pode ir até 2560 x 1440, o que proporciona uma boa experiência de visualização.

ASUS T300 Chi em modo portátil. Fotografia: ASUS

A base (teclado físico) do aparelho funciona por bluetooth. Isto significa duas coisas. Por um lado, o teclado pode ser removido e usado até 20 metros de distância do tablet. Por outro lado, tem de ser carregado em separado. Esta é, talvez, uma desvantagem do ASUS T300 ChiAinda que esse teclado tenha uma autonomia bastante superior à do tablet, mais cedo ou mais tarde terá de lhe carregar a bateria. Como? Através de um cabo microUSB que liga o lado esquerdo do teclado à porta microUSB do lado direito do tablet.

A qualidade de som deste aparelho é razoável. Detetámos, porém, que se colocar o volume do tablet perto do máximo, o som pode sair ligeiramente distorcido. Mas os níveis de volume são bons e nem tão pouco aconselhamos a audição em permanência com o volume no máximo.

ASUS T300 em modo tablet. Fotografia: ASUS

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O ASUS T300 Chi é um pouco pesado — 1,42 kg com o teclado acoplado — em comparação com dispositivos semelhantes. Mas acaba por ser uma boa solução para quem precisa de um aparelho on the road. A mobilidade e portabilidade do T300 torna possível poupar espaço e, ao invés de transportar um computador portátil e um tablet em separado, transportará um só dispositivo com ambas as funcionalidades.

O T300 Chi tem uma webcam de alta definição, mas não tem câmara externa. Contudo, esta encontra-se presente numa outra versão do aparelho — o ASUS T100 Chi — que só estará disponível em Portugal a partir de junho.

Se não está habituado a manusear dispositivos híbridos, terá de ultrapassar um pequeno período de habituação (um ou dois dias). O ato de dividir a base do ecrã (tablet) requer um certo jeito mas, ao fim de pouco tempo, “partir” o T300 Chi ao meio deixa de ser um problema.

Sendo um híbrido, com o T300 Chi é possível separar o teclado do ecrã (que se transforma em tablet). Fotografia: ASUS

Resta referir que a oferta de aplicações móveis (apps) da loja do Windows ainda fica muito aquém da oferta de uma Play Store da Google (Android) ou App Store da Apple (iOS). Ainda assim, há uma vantagem em tudo isto: o sistema operativo do ASUS T300 Chi tem o tradicional ambiente de trabalho (desktop) típico dos computadores, algo que acaba por ser bastante útil no multitasking (operações multitarefa).

Especificações Técnicas do T300 Chi e do T100 Chi

ASUS T300 Chi ASUS T100 Chi *
Processador  Intel® Core™ M 5Y10/5Y71  Quad-core Intel® Atom™ Z3775
Placa Gráfica   Intel Atom Z3775
Sistema Operativo  Windows 8.1 64-bit  Windows 8.1 32-bit
Armazenamento  SSD 128 GB  eMMC 32/64 GB
Memória RAM  4 GB  2 GB
Ecrã  Ecrã IPS Full HD 12,5” WQHD 2560 x 1440 Ecrã IPS WUXGA 10,1” 1920 x 1200
Conetividade USB 3.0 (porta USB Type B)
Autonomia da Bateria  8 horas  10 horas
Dimensões  317,8 x 191,6 x 7,6/16,5 mm (tablet/acoplado)  265 x 174,5 x 7,2/13,2 mm (tablet/acoplado)
Peso

Modo tablet: 720 gr

Modo portátil: 1,42 kg

Modo tablet: 570 gr

Modo portátil: 1,06 kg

PVP Recomendado 999€ 499€

* O ASUS T100 Chi só está disponível em Portugal a partir de junho. 

ASUS T100 Chi. Fotografia: ASUS

(Editado por Diogo Queiroz de Andrade)