“Ninguém deve sofrer bullying por causa da sua sexualidade ou por outra razão qualquer”. A frase é do Príncipe William e acompanha a fotografia sorridente na capa da Attitude. O sucessor ao trono britânico é a capa de julho daquela revista gay.

A capa já estava decidida vários dias antes do massacre em Orlando, nos EUA, e pode ser considerada um feito histórico. É a primeira vez que um membro de uma família real é fotografado para a capa de uma publicação LGBTI. Poucos foram também os líderes políticos que o fizeram. Barack Obama é um dos raros exemplos: foi a capa da Out Magazine no final do ano passado.

Príncipe William revista gay

A parceria entre o marido de Kate Middleton e a revista Attitude surgiu depois de o Duque de Cambridge ter chamado os responsáveis da revista ao Palácio de Kensigton, para “ouvir as experiências de homofobia, bifobia e transfobia e para discutir as implicações que isso tem”, conta a própria revista. Depois, decidiram que fazia sentido ter o príncipe inglês na capa.

Em entrevista à revista, William deixou conselhos para a população jovem LGBTI. “O que eu gostava de dizer aos jovens que estão a ler isto e que sofrem de bullying por causa da sua orientação sexual é isto: não se preocupem com isso — falem com um adulto em quem confiem, um amigo, um professor (…) para conseguirem o apoio que precisam. Vocês devem estar orgulhosos da pessoa que são e não têm nada de que se envergonhar”, salientou. A revista está nas bancas a 22 de junho.