O incêndio que lavrava mato em Couto de Baixo, distrito de Viseu, foi dado como dominado às 19h57, informou este domingo à Lusa a Autoridade Nacional da Proteção Civil.

O fogo esteve ativo durante seis horas.

Um outro incêndio, em Mangualde, também no distrito de Viseu, foi controlado perto das 18h00, duas horas depois de ter deflagrado.

Os dois fogos mobilizaram mais de uma centena de bombeiros, auxiliados por mais de 30 viaturas e três meios aéreos.

Mais de uma centena de bombeiros apoiados por 32 veículos e três meios aéreos estão a combater dois incêndios em mato e floresta em Mangualde e Couto de Baixo, distrito de Viseu.

Segundo dados do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu, o incêndio de Couto de Baixo (concelho de Viseu) deflagrou por volta das 14h00 numa zona de mato. No local estiveram 84 bombeiros de diversas corporações do distrito, que estão a ser apoiados por dois meios aéreos e 22 veículos.

O incêndio foi difícil de dominar, em parte devido ao calor e vento forte que se fazem sentir naquela zona.

O incêndio de Mangualde deflagrou perto das 16h00 e foi combatido por 21 bombeiros, apoiados por um meio aéreo e dez veículos, de diversas corporações do distrito.

Atualizado dia 4 de julho às 6h39.