El País

El País já não tem anúncios de “relax”

O jornal El País deixou de publicar, a 15 de julho, anúncios de classificados nas suas edições diárias, como forma de apoiar os direitos das mulheres.

AFP/Getty Images

O El País decidiu parar de publicar “anúncios de relax”, os “classificados” que publicitam serviços associados à prostituição. Este tipo de publicidade já não é visto no jornal espanhol desde o passado dia 15 de julho.

A decisão surgiu depois de um profundo debate interno, que foi alimentado pelas opiniões dos leitores, que tinham vindo a demonstrar o seu desagrado para com esta publicidade.

O El País escreve que a prostituição não é ilegal em Espanha e que, além disso, é o país europeu com maior procura destes serviços. Mas lembra um outro lado neste negócio: em apenas cinco anos, entre 2012 e 2016, foram resgatadas, aproximadamente, 4.300 vítimas de exploração sexual.

Segundo o jornal, vários estudos apontam que a maioria das mulheres que aparecem nestes anúncios vivem escravizadas de alguma forma.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

Três desafios para o 5.7

Alexandre Franco de Sá

Apesar das adversidades políticas, trata-se de despertar a direita acomodada e bocejante contra a hegemonia cultural de uma esquerda que, indisputada no espaço público, dociliza há décadas a sociedade

Deficientes

Adorável compromisso de lideranças /premium

Laurinda Alves

24 homens e mulheres que gerem 24 das maiores empresas que operam em Portugal assinaram um documento em que se comprometem a reforçar nas suas organizações a empregabilidade de pessoas com deficiência

PCP

Patrão santo, funcionário posto fora da loja /premium

José Diogo Quintela

Estou chocado. Nunca pensei que o PCP não cumprisse a lei laboral. Mas o PCP está ainda mais chocado: nunca pensou ser obrigado a cumprir a lei laboral. É que escrevê-la é uma coisa, obedecê-la outra.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)