O grupo de restauração de José Avillez vai reabrir o Belcanto, a sua coqueluche, já no próximo mês. A notícia foi dada, esta quarta-feira, pelo Público e entretanto confirmada pelo Observador pelo gabinete de comunicação do grupo, tal como o encerramento definitivo de seis das duas dezenas de restaurantes com a assinatura do chef português.

O Café Lisboa, no Chiado, o Mini Bar do Porto, a Cantina Peruana, a Casa dos Prazeres e o Rei da China, ambos junto ao restaurante Bairro do Avillez e o Beco, que funcionava dentro deste último, são os seis espaços que já não vão reabrir neste período pós-confinamento. Pode dizer-se que não resistiram à pandemia.

Segundo o Observador conseguiu apurar, o Grupo Avillez teve de adaptar-se após as perdas causadas pelos cerca de dois meses e meio em que os espaços permaneceram de portas fechadas. No caso do Beco, que funcionava num espaço acolhedor e intimista e com espetáculos ao vivo, são as próprias medidas de distanciamento em vigor a inviabilizar a continuidade do formato.

José Avillez: “Vai haver uma razia no setor. Vão fechar centenas e centenas de restaurantes ao longo deste ano”

No Porto, o chef mantém apenas o Cantinho do Avillez, que à semelhança dos espaços com o mesmo nome no Parque das Nações e em Cascais também deverão reabrir no início de julho. Para setembro ficará a reabertura do Cantinho do Avillez do Chiado.

É precisamente no coração de Lisboa que acontecem as grandes mudanças no grupo. Além dos encerramentos definitivos, a Pizzaria Lisboa e o Mini Bar deixaram as anteriores morada para se instalarem dentro do Bairro do Avillez, que reabriu esta semana. A pizzaria já está a funcionar, o Mini Bar reabre em breve na sala anteriormente ocupada pelo Beco.

Quanto ao internacionalmente famoso Belcanto, com duas estrelas Michelin, a reabertura está marcada para dia 1 de julho e com o restaurantes a funcionar com metade da lotação habitual, ou seja, 30 lugares.

Já o Canto está a ser repensado. O espaço aberto no início deste ano e que junta comida e música sob a batuta do chef, mas também de Ana Moura e António Zambujo, permanece sem data de reabertura.

Dentro do El Corte Inglés, em Lisboa, José Avillez conta com três espaços. Segundo a previsão em vigor, a reabertura acontecerá já no dia 15 de junho. A Tasca, o único restaurante do chef fora do país, no Dubai, reabriu no dia 28 de maio.

Recorde-se que já no verão do ano passado, o Grupo Avillez havia anunciado o encerramento de três restaurantes — Za’atar, Pitaria e Cantina Zé Avillez. Desta forma, em menos de um ano, um chef já fechou as portas definitivamente a nove negócios.