“As pessoas que estejam num relacionamento efetivo não precisam se distanciar socialmente”. A decisão do Governo britânico, que consta na revisão de regras de prevenção da Covid-19 no país, veio desconfinar os contactos físicos para casais que não partilhem a mesma casa, embora mantenha reservas para quem está em início de relacionamento.

Casais que morem separados não se podem beijar

Os casais “em estágios iniciais de relacionamento” têm de “tomar cuidado especial e seguir as orientações sobre o distanciamento social”, aconselha a Secretaria de Saúde e Assistência Social do Reino Unido que anotou isto mesmo no guia revisto das regras para a prevenção da Covid-19 numa altura em que o país enfrenta uma pesada vaga de novos casos.

As regras sobre o distanciamento físico para pessoas com quem não se vive é obrigatoriamente de dois metros, no país. Por isso, uma pessoa “que pretenda ter contacto próximo com alguém deve ponderar como pode ajudar a prevenir a transmissão como casal, por exemplo, assegurando que ambos  estão a evitar contactos próximos com pessoas com quem não vivem”.

O responsável pela pasta da Saúde, Matt Hancock, foi questionado pela Sky News sobre o que significa o termo “relacionamento efetivo”: “Significa que as pessoas percebem que têm contacto próximo com pessoas de outras famílias, porque é assim que o vírus se espalha”. O secretário da Saúde considera que as pessoas “têm de ter cuidado e ser sensatas” nesta fase.

Regresso ao teletrabalho, restaurantes fecham às 22h e novas multas. As medidas de Inglaterra para travar a segunda vaga

No final de março, quando o Governo britânico tomou as primeiras medidas de confinamento, a sub-firetora Geral da Saúde, Jenny Harries, avisou que tudo o que ali constava — no que a restrições dizia respeito — também se aplicaria a casais que não coabitassem e até incentivou as pessoas nessas circunstâncias a juntarem-se sob o mesmo tecto.

A alternativa seria ficarem separados durante o tempo do confinamento. Na altura, Harries até disse que esta poderia ser uma solução para os casais perceberem a solidez da relação: “Devem testar a força do seu relacionamento”. Ou ficavam juntos ou em casas separadas. Agora já não será necessário.