Obrigado por ser nosso assinante. Pode ler este e todos os artigos do Observador em qualquer dispositivo.

No vídeo partilhado este sábado pela campanha do presidente americano, de apenas 30 segundos, o principal especialista em doenças infecciosas do país aparece mais ou menos a meio, logo depois de a voz-off louvar o trabalho de Donald Trump — “que atacou o vírus de frente, como os líderes devem fazer” — e no seguimento da ideia inicial: “O Presidente Trump está a recuperar do coronavírus, tal como a América”.

“Não imagino que qualquer outra pessoa pudesse estar a fazer mais”, aparece a dizer Anthony Fauci, conselheiro da Casa Branca para a pandemia, que nem sempre tem concordado com a forma de Trump lidar com a Covid-19 — com legendas amarelas por baixo a dar ainda mais força à mensagem.

Problema: o diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infeciosas garantiu este domingo à CNN que quando proferiu aquelas palavras não estava a referir-se a Donald Trump. Que, ainda para mais, nem sequer lhe pediu autorização para utilizar a sua imagem no vídeo agora divulgado pela campanha.

“Nas minhas quase cinco décadas de serviço público, nunca apoiei publicamente nenhum candidato político. Os comentários que me foram atribuídos sem a minha autorização no anúncio da campanha do Partido Republicano foram retirados do contexto de uma ampla declaração que fiz há meses sobre os esforços dos funcionários federais da saúde pública”, disse Anthony Fauci àquele canal, quando questionado sobre se teria autorizado a sua inclusão no vídeo de campanha.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Explica a CNN, o excerto foi retirado de uma entrevista que Fauci deu à Fox News há sete meses e em que enalteceu o esforço de trabalho contínuo da equipa formada na Casa Branca para dar resposta à pandemia.

Eis a citação completa: “Nunca tivemos uma ameaça como esta. A resposta coordenada tem sido… há uma série de adjetivos para a descrever — impressionante penso que é um deles. E estou a falar de todas as pessoas envolvidas. Eu, como uma das muitas pessoas que fazem parte de uma equipa, não sou o único. Desde o início, até reconhecemos o que isto era, que tenho estado a dedicar-me quase a tempo inteiro. Estou na Casa Branca praticamente todos os dias com a equipa de trabalho. Todos os dias. Portanto, não consigo imaginar que, em circunstância alguma, alguém possa estar a fazer mais”.

Confrontado com o facto de a frase do especialista ter sido desta forma retirada do contexto, Tim Murtaugh, porta-voz da campanha de Donald Trump, respondeu assim: “São as palavras do próprio Dr. Fauci. O vídeo é de uma entrevista televisiva transmitida a nível nacional, em que o Dr. Fauci elogiou o trabalho da Administração Trump. As palavras proferidas são objetivas e saíram diretamente da boca do Dr. Fauci”.

O próprio Donald Trump entretanto já recorreu também ao Twitter para comentar o caso: “São de facto as palavras do próprio Dr. Fauci. Fizemos um trabalho ‘fenomenal’, de acordo com alguns governadores. Muitas pessoas concordam… E agora venham as Vacinas e as Curas, muito antes das projeções”.