Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Cristiano Ronaldo não foi o único a ter problemas com construções no topo de prédios. O bilionário Bill Ackman, gestor do hedge fund Pershire Square Capital, está envolvido numa polémica em torno de uma penthouse em Nova Iorque (Estados Unidos da América).

A residir durante quase uma década num apartamento duplex do prédio Beresford, na cidade que nunca dorme, Bill Ackman decidiu sonhar mais alto, e quer agora renovar uma penthouse localizada no mesmo prédio.

O edifício, datado de 1927, oferece uma das melhores vistas, da “Big Apple”, segundo o site Curbed, com o Museu Americano de História Natural, a Sociedade Histórica de Nova Iorque e o Central Park na linha do horizonte.

No topo do prédio encontra-se um apartamento cor-de-rosa que foi adquirido por Bill Ackman e pela sua noiva, Neri Oxman, em 2018. Antiga propriedade de Nancy Friday, escritora que morreu em 2017 após lá residir durante mais de 40 anos, foi adquirida pelo bilionário por uns ‘míseros’ 22,5 milhões de dólares (cerca de 20 milhões de euros).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O problema, contudo, é que Bill Ackman requisitou os serviços do famoso arquiteto Norman Foster para remodelar o apartamento no topo do prédio. O modelo que resultou desse entendimento é um apartamento de luxo, com janelas a cobrir toda a área da residência e estruturas de metal a suportar a casa, algo que, para os restantes moradores do prédio, destoa com a restante arquitetura, na zona da West 77th Street.

Parece uma casa de Malibu ou um restaurante junto ao mar”, afirmou Mary Breasted, residente no mesmo prédio de Ackman há 13 anos. “Muito de nós renovámos as nossas unidades quando chegámos, e foi-nos dito que se quiséssemos mudar as janelas, elas teriam de ser exatamente iguais às antigas”, concluiu a inquilina do edifício Beresford.

Mary Breasted explicou que ela, assim como outros moradores (milionários, mas longe de atingir o nível de fortuna de Ackman), mostraram-se satisfeitos com as apertadas restrições impostas na renovação de apartamentos naquela área, e consideraram estas medidas como “parte do privilégio de viver num bairro histórico protegido”.

Na zona, os prédios, muito deles remodelados, mas dentro das características exteriores originais, apresentam uma construção em tijolo, diferentes dos arranha-céus de vidro e betão presentes na baixa nova-iorquina.

Ainda em agosto deste ano, Cristiano Ronaldo teve de demolir a sua marquise, construída no topo do prédio onde o jogador de futebol tinha comprado um apartamento na rua Castilho, em Lisboa.

A marquise ilegal de Cristiano Ronaldo já foi demolida

Relativamente a este caso, a Câmara Municipal de Lisboa tinha considerado que a marquise estaria acima da quota máxima de altura permitida naquela zona, e que não tinha sido autorizada nem pelos restantes condóminos nem pela autarquia.

Ao contrário do número 7 da seleção nacional de futebol, Bill Ackman conseguiu aprovação junto do conselho do bairro histórico e do comité da Sociedade Histórica de Nova Iorque, pelo que provavelmente, o projeto da penthouse de vidro irá ver a luz do dia no topo do prédio.