830kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

A reunião de família (real) e os chapéus sem limites no segundo dia de Ascot

O segundo dia de Ascot foi uma verdadeira reunião da família real. Por lá esteve o príncipe William, a rainha Camila, os Middleton e não só. As apostas de moda continuam a garantir chapéus criativos.

51 fotos

No segundo dia de Ascot juntaram-se primos e tios, ou no caso da família real, príncipes, duques, uma rainha e os parentes que, mesmo sem título, mantêm um estatuto equivalente. O príncipe William marcou presença e esteve em animada conversa com as primas. Sara Ferguson, a duquesa de York, também foi uma das surpresas do dia. Camila voltou a apostar na sua fórmula vencedora: um tom de azul e uma pregadeira do guarda-joias de Isabel II. A eles juntaram-se ainda os pais da princesa de Gales, Carole e Michael Middleton.

Esta terça-feira, os reis marcaram presença no primeiro dia das corridas de cavalos mais famosas do mundo, acompanhados por outros membros da família real e deram o tiro de partida de um dos eventos da temporada. Há poucos dias, Carlos III foi o protagonista da parada militar que celebra o seu aniversário e, sob uma chuva intensa, dividiu as atenções com a princesa de Gales. Esta terça-feira, o sol brilhou radioso sobre as pistas de Ascot e o soberano voltou a ter a seu lado uma das damas-estrela da família real, a rainha Camila.

De 18 a 22 de junho, as corridas de Ascot são o epicentro da sociedade britânica e também uma verdadeira mostra de looks coloridos e, claro, exuberantes acessórios de cabeça.

Dia 1: O arranque com Carlos III e Camila

No primeiro dia os reis deram o mote. A rainha Camila optou por um look total num vistoso tom de azul real e o Rei apostou numa mistura arrojada de fato cinza, colete amarelo, gravata com motivos azuis e camisa com riscas em azul e rosa pastel. O dress code do evento é apertado e cheio de regras, mas basta passar em revista a galeria de imagens no topo deste artigo, onde reunimos uma série de espectadoras que passaram pelas pistas neste primeiro dia, para perceber que a criatividade não tem limites. Todas as cores são permitidas e os chapéus corresponderam às expectativas de irreverência e imaginação.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

[Já saiu o sexto e último episódio de “Matar o Papa”, o novo podcast Plus do Observador que recua a 1982 para contar a história da tentativa de assassinato de João Paulo II em Fátima por um padre conservador espanhol. Ouça aqui o primeiro episódio, aqui o segundo, aqui o terceiro, aqui o quarto episódio e aqui o quinto episódio.]

Para dar um toque distinto e muito real ao seu look, Camila usou a pregadeira príncipe Alberto. A joia foi um presente do príncipe para a Rainha Victoria na véspera no casamento de ambos, em fevereiro de 1840. A soberana usou-a no dia do casamento e, mais tarde, deixou escrito em testamento que esta se tornasse uma joia da coroa, passando assim de rainha para rainha, mantendo-se sempre na família real. Esta pregadeira conta com uma grande safira oval ao centro, contornada com uma moldura de diamantes. Segundo a revista Hello, o príncipe Alberto viria a encomendar uma pregadeira igual, mas muito mais pequena, para oferecer à Rainha Victoria no 26º aniversário. A joia ocupava um lugar muito especial no guarda-joias da Rainha Isabel II, que a usou várias vezes e em ocasiões importantes, como por exemplo no batizado do príncipe William.

GettyImages-2158108316

Os reis no primeiro dia de Ascot

Carlos III e Camila participaram no tradicional desfile de carruagem, conviveram no relvado e assistiram às corridas na box real. A princesa Ana, fã assumida do desporto, também marcou presença, numa carruagem acompanhada por lady Gabriella Kingston, a prima do Rei e filha dos duques de Kent que ficou viúva no início do ano e foi visivelmente acarinhada pela família real. Também lá estiveram os filhos e o genro da princesa Ana, Zara e Mike Tindall e Peter Phillips, a princesa Eugenie e a filha de Camila, Laura Lopes.

Seguem-se mais quatro dias de evento e, segundo o Telegraph, o Rei é esperado na maioria deles. As corridas de Ascot foram fundadas pela Rainha Ana em 1711 que terá declarado Ascot ideal para “cavalos galoparem a toda a velocidade”. O cortejo real, com os membros da família real a desfilarem em carruagens pelo recinto permitindo que os presentes os vejam, começou em 1825, lembra o jornal britânico.

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Para continuar a ler assine o Observador
Apoie o jornalismo independente desde 0,18€/ dia
Ver planos
Já é assinante?
Apoio a cliente

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Desde 0,18€/dia
Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Desde 0,18€/dia
Em tempos de incerteza e mudanças rápidas, é essencial estar bem informado. Não deixe que as notícias passem ao seu lado – assine agora e tenha acesso ilimitado às histórias que moldam o nosso País.
Ver ofertas