Momentos-chave
Histórico de atualizações
  • Obrigada por nos ter acompanhado. Vamos continuar a seguir as notícias acerca da pandemia neste novo liveblog:

    Espanha com 14 mil novos casos diários. Madrid com circulação limitada em 37 zonas

  • Vacina russa. Cientistas pedem mais dados para confirmar que não houve fraude

    A Rússia aprovou a vacina Sputnik V antes dos ensaiso clínicos terem sido concluídos ou mesmo dos dados terem sido publicados. Cerca de um mês depois, a revista científica The Lancet publicou os resultados da fase 1 e 2 dos ensaios com a vacina, mas um grupo de investigadores detetou duplicação dos valores.

    “Entre os [diferentes] grupos de nove pessoas, a testarem coisas completamente diferentes, vemos exatamente os mesmos números. É altamente improvável observar um número tão grande de duplicações”, disse Enrico Bucci ao jornal de The Moscow Times.

    Cientistas questionam os resultados sobre a vacina russa Sputnik V

  • Pais deixam aluno com suspeita de Covid-19 ir à escola. Direção faz queixa à PSP

    Um aluno da Escola Secundária Afonso Lopes Vieira, em Leiria, foi hoje à escola, quando deveria estar em quarentena, avança o Jornal de Leiria. O pai está infetado com o novo coronavírus, a mãe em isolamento profilático e o jovem aguardava o resultado do seu teste, que viria a dar positivo.

    O jovem foi à apresentação de turma na escola e esteve numa sala com outros 17 alunos e o diretor de turma.

    No final do dia, a diretora da escola recebeu um telefonema da autoridade de saúde de Leiria a informar que um aluno tinha testado positivo.

    Imediatamente iniciámos os contactos com a turma e com o professor, que hoje não vieram à escola. Como tinham uma distância de mais de um metro e meio e estavam de máscara amanhã deverão regressar”, disse a diretora, Celeste Frazão, ao jornal.

    A diretora informou ainda que os alunos que se sentaram perto do jovem infetado estão a ser identificados e que a situação foi denunciada à polícia por ser tratar de “uma grande irresponsabilidade por parte dos pais”.

    O aluno terá ainda ido almoçar com dois colegas do curso e um aluno de outra escola da cidade de Leiria.

  • Mais 829 mortes e 36.303 casos em 24 horas no Brasil

    O Brasil somou 829 mortes e 36.303 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, informaram hoje as autoridades de Saúde, que investigam ainda a eventual relação de 2.396 óbitos com o novo coronavírus.

    De acordo com o boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, 324 das 829 mortes ocorreram nos últimos três dias, mas só foram incluídas nos dados de hoje, após confirmação da causa de óbito.

    O país sul-americano totaliza agora 134.935 vítimas mortais e 4.455.386 casos diagnosticados desde o início da pandemia no país, registada oficialmente em 26 de fevereiro.

    A taxa de letalidade da Covid-19 no Brasil mantém-se em 3,0% e a taxa de incidência é agora de 64,2 mortes e de 2.120,1 casos por cada 100 mil habitantes.

    O Brasil, país lusófono mais afetado pela pandemia e uma das nações com maior número de mortos e infetados, já registou a recuperação de 3.753.082 pacientes infetados.

  • Número de infetados ultrapassa 30 milhões em todo o mundo

    A pandemia de covid-19 já infetou mais de 30 milhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com o balanço mais recente, às 20:45 de Lisboa, feito pela agência France-Presse (AFP).

    A covid-19 já infetou pelo menos 30.000.062 pessoas e provocou a morte a 943.086, explicita a AFP.

    Mais de metade dos casos confirmados está localizada nos Estados Unidos da América (6.650.570 casos e 197.364 óbitos), na Índia (5.118.253 infeções registadas e 83.198 mortes) e no Brasil (4.419.083 casos e 134.103 mortes), os três países mais afetados pelo novo coronavírus.

  • Procurador-geral da República do Brasil testa positivo

    O procurador-geral da República (PGR) do Brasil, Augusto Aras, testou positivo para o novo coronavírus, encontrando-se “bem e em isolamento”, informou hoje a assessoria da instituição.

    “O procurador-geral da República testou positivo para a Covid-19. O resultado do exame saiu nesta quinta-feira. Augusto Aras passa bem e está em isolamento, despachando remotamente”, escreveu a assessoria na rede social Twitter.

  • Madeira com dois novos casos positivos que elevam infeções ativas para 54

    A autoridade regional de saúde reportou hoje dois novos casos positivos de Covid-19 na Madeira, importados do Reino Unido, registando 54 doentes ativos e um total cumulativo de 195 infetados.

    Hoje há dois novos casos positivos a reportar, pelo que a região passa a contabilizar um total acumulativo de 195 casos confirmados de Covid-19”, informa o Instituto da Administração de Saúde da Madeira (IASaúde) no boletim epidemiológico emitido diariamente.

    No mesmo documento, é referido que estes casos foram identificados na operação de rastreio montada no aeroporto da Madeira, sendo duas pessoas “com proveniência do Reino Unido”.

    A autoridade regional de saúde refere que hoje a Madeira regista 54 casos ativos, sendo que 42 foram importados, identificados no rastreio efetuado no aeroporto da maior ilha, e os restantes 12 são de transmissão local.

  • Sobe para 31 número de infetados de foco em Portalegre

    O número de casos ativos de Covid-19 no concelho de Portalegre subiu hoje para 31, após dois novos testes positivos, disse à agência Lusa fonte do município.

    Os 31 casos de Covid-19 no concelho poderão estar relacionados com um caso reportado no dia 2 deste mês, que envolvia o funcionário de um restaurante, entretanto encerrado.

    Ligada a esta cadeia de transmissão da doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 há ainda uma outra pessoa infetada, mas reside em Nisa, outro concelho do mesmo distrito alentejano.

  • França regista mais de 10.500 novos casos nas últimas 24 horas

    França registou 10.593 novos casos nas últimas 24 horas, um novo recorde de casos positivos num único dia, elevando o número total de casos desde o início da pandemia para 415.481, revelaram hoje as autoridades francesas.

    Desde quarta-feira houve 50 mortes adicionais devido à covid-19. O número total de óbitos desde o início da pandemia no país é de 31.095 e 20.567 dessas mortes aconteceram em meio hospitalar.

    Nos últimos sete dias, foram hospitalizadas 3.223 pessoas em França e houve 535 novas admissões nos cuidados intensivos.

    O número de focos de contaminação está também a aumentar, com 84 novos focos a serem identificados nas últimas 24 horas, havendo atualmente 896 focos ativos em França, dos quais 143 são em lares.

    Devido ao aumento dos números de hospitalizações e contaminações, o ministro da Saúde, Olivier Véran, pediu às autoridades regionais das cidades de Lyon e Nice novas medidas para travar a propagação do vírus, avisando que as medidas recém-instauradas em Marselha podem ser agravadas.

  • Emirates retoma voos para Angola a partir de 1 de outubro

    A companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos (EAU), Emirates, anunciou hoje que vai reiniciar a rota Dubai-Luanda, a partir de 1 de outubro, com ligações semanais

    O anúncio, feito através da página de Facebook da transportadora aérea, indica que com este serviço a Emirates aumenta a sua rede africana para 15 cidades e a rede global para 87 cidades.

    Olá Angola! We are pleased to return to Luanda with a weekly passenger service from 1 October, boosting our African network to 15 cities and global network to 87 cities.

    Posted by Emirates on Thursday, September 17, 2020

    Angola fechou todas as suas fronteiras a 20 de março para conter a propagação da pandemia de Covid-19, autorizando apenas voos de carga e humanitários.

  • Reino Unido regista 3.395 novas infeções e 21 mortes e aperta restrições

    O Reino Unido registou 3.395 novas infeções e 21 mortes de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde britânico, que hoje anunciou restrições mais rigorosas no nordeste de Inglaterra.

    Na quarta-feira tinham sido contabilizadas 3.991 novas infeções e 20 mortes.

    O total acumulado desde o início da pandemia Covid-19 no Reino Unido passou hoje para 381.684 de casos de contágio confirmados e para 41.705 óbitos num período de 28 dias após um teste positivo.

    A média semanal de novos casos ultrapassou os 3.000 e hoje o Governo britânico anunciou novas restrições no nordeste da Inglaterra para conter um agravar da situação.

    A partir de sexta-feira em cidades como Sunderland ou Newcastle será proibido o convívio social entre pessoas de diferentes agregados familiares e bares e restaurantes terão apenas serviço à mesa e devem encerrar entre as 22h e as 5h, decretou o ministro da Saúde, Matt Hancock, numa declaração na Câmara dos Comuns.

  • Moçambique anuncia 167 novas infeções aumentando para 6.161

    Moçambique registou mais 167 casos de Covid-19, sem novas mortes, totalizando 6.161 infeções e 39 óbitos desde que foi declarada a pandemia, há seis meses, informou hoje o Ministério da Saúde (Misau) moçambicano.

    Uma fatia de 43,7% dos casos hoje anunciados foram registados na cidade de Maputo (73), seguindo-se 26,7% na província da Zambézia (43).

    As autoridades de saúde reportaram também hoje 126 pessoas totalmente recuperadas, elevando para 3.393 o cumulativo de recuperações (55% do total de casos).

  • Itália com 1.585 casos e 13 mortes nas últimas 24 horas

    Itália registou 1.585 novos casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas e 13 mortes associadas à covid-19, tendo realizado quase 102.000 testes nesse período, segundo dados do Ministério da Saúde italiano.

    No total, desde o início da pandemia no país, em fevereiro, Itália regista 293.025 casos e 35.658 mortes.

    O número de doentes nos hospitais continua a aumentar, com 2.348 pessoas internadas, 112 delas em unidades de cuidados intensivos.

    Cerca de 39.000 casos positivos estão em isolamento em casa.

    A região que registou mais novos casos nas últimas 24 horas foi a Lombardia (norte), a mais afetada no país desde o início da pandemia, com 281, seguida da Campânia (sul), com 195, e da Lácio, a região de Roma, com 181.

    Todas as regiões de Itália registaram novos casos de quarta-feira para hoje, embora algumas apenas um ou dois.

    Itália mantém uma “lista negra” de países fora da União Europeia com os quais encerrou fronteiras e continua a exigir testes à covid-19 aos viajantes provenientes de países da UE considerados de risco, como Espanha, Grécia, Croácia e Malta.

  • Espanha regista 4.541 casos nas últimas 24h

    O Ministério da Saúde espanhol registou hoje mais 11.291 infetados com o novo coronavírus, 4.541 nas últimas 24 horas. Morreram ainda 162 pessoas.

    Em relação ao dia de ontem, houve menos 187 infetados e menos 77 mortes.

    No total, Espanha registou 625.651 casos de infeção do novo coronavírus e 30.405 morreram com a doença desde o início da pandemia no país.

  • Costa convoca reunião de urgência do gabinete de crise para sexta-feira

    O primeiro-ministro, António Costa, convocou com caráter de urgência, para sexta-feira, em São Bento, uma reunião do gabinete de crise para o acompanhamento da evolução da covid-19 em Portugal.

    Costa convoca reunião de urgência do gabinete de crise para sexta-feira

  • CIP pede “razoabilidade e bom senso” no tema da subida do salário mínimo

    Patrões pedem “razoabilidade e bom senso” no tema da subida do salário mínimo, sublinhando que a prioridade deve ir para a “manutenção dos postos de trabalho” com a economia a cair.

    CIP pede “razoabilidade e bom senso” no tema da subida do salário mínimo

  • Impostos devolvidos, créditos convertidos em subsídios e as outras medidas que os patrões querem ver no OE

    A poucas semanas da apresentação da proposta de OE para 2021, a CIP acrescenta às habituais propostas um conjunto de medidas “temporárias” para evitar o “colapso iminente de empresas rentáveis”

    Impostos devolvidos, créditos convertidos em subsídios e as outras medidas que os patrões querem ver no OE

  • Gil Vicente aguarda "luz verde" da DGS para voltar a treinar

    O Gil Vicente, da I Liga portuguesa de futebol, espera “luz verde” da Direção-Geral da Saúde (DGS) para voltar ao trabalho, após os treinos terem sido novamente suspensos, revelou hoje à Lusa fonte oficial dos minhotos.

    O clube barcelense, que conta 15 infetados com o novo coronavírus, incluindo o treinador Rui Almeida e 10 jogadores, treinou na manhã de quarta-feira, na sequência dos testes realizados na terça-feira, todos negativos, mas ficou impedido de cumprir o apronto marcado para as 16h de hoje, após a suspensão decretada pelo delegado de saúde local na noite de quarta-feira.

    Os “galos” não receberam até ao momento qualquer notificação da DGS para treinarem, continuando a aguardar informações desta entidade, esclareceu ainda a fonte oficial.

  • Covid-19. Dona e funcionárias de lar ilegal em Évora também doentes dizem-se “exaustas”

    A dona e as funcionárias do lar ilegal em Évora também infetadas “têm-se visto na necessidade de continuar a laborar 24 sobre 24 horas” e ameaçam abandonar as instalações ainda esta quinta-feira.

    Covid-19. Dona e funcionárias de lar ilegal em Évora também doentes dizem-se “exaustas”

  • Boletim DGS. Região Centro com maior aumento desde pico da pandemia

    Desde 10 de abril que não havia tantos novos casos. E há cinco meses que o Centro não tinha tantas novas infeções. Número de mortes é o maior desde julho. Casos ativos crescem desde agosto:

    Boletim DGS. Região Centro com maior aumento desde pico da pandemia

1 de 4