Momentos-chave
Histórico de atualizações
  • Este liveblog vai ser arquivado, mas já abrimos um novo para continuar a acompanhar a informação sobre a pandemia ao longo desta terça-feira. Pode segui-lo aqui.

  • Covid-19. Escolas de acolhimento serviram 37 mil refeições diárias

    Os mais de 700 estabelecimentos de escolas de acolhimento de referência serviram, em média, 37 mil refeições diárias na semana passada, ultrapassando as 40 mil na sexta-feira.

    Covid-19. Escolas de acolhimento serviram 37 mil refeições diárias

  • Isolar presos infetados nas solitárias pode agravar os surtos em vez de os resolver, defendem especialistas

    Especialistas em Saúde Pública pedem que as prisões substituam o confinamento na solitária (a cela usada como castigo), com formas de isolamento médico mais humanas, para proteger tanto os reclusos como as pessoas que estão no exterior, noticia a revista Undark Magazine, sobre a situação nos Estados Unidos.

    Mais de 15 dias numa solitária é considerado tortura pela Organização das Nações Unidas. Ainda assim, foi reportado um aumento de 500% desta prática durante a primeira fase da pandemia nos Estados Unidos, com o pico em abril.

    O isolamento físico é a melhor forma de conter um surto no interior das prisões, mas condenar os presos infetados ao isolamento nas celas solitárias, desprovidos de qualquer estímulo sensorial ou social, faz com que os presos não reportem os sintomas e não aceitem fazer testes. A solução seria manter os presos infetados num espaço de isolamento comum, onde podem ter acesso à televisão e a formas de contactar com a família.

    Até ao início de janeiro já tinham sido reportados mais de 500 mil casos de infeção com SARS-CoV-2 nas prisões norte-americanas e mais de 2.000 mortes. Muitas prisões optaram por um confinamento geral, em que os reclusos ficam nas celas mal ventiladas e sobrelotadas 22 horas por dia, criando condições para se originarem eventos de supertransmissão.

  • Covid-19: Apoios estão "aquém ou muito aquém" para 85% das empresas, conclui a CIP

    Um inquérito apresentado pela Confederação Empresarial de Portugal mostra que a maior parte das empresas considera apoios insuficientes. Grande parte não se candidatou por não ser elegível.

    Covid-19: Apoios estão “aquém ou muito aquém” para 85% das empresas, conclui a CIP

  • Covid-19. Açores com dois novos casos, um em São Miguel e outro na Terceira

    Os dois casos são de não-residentes que chegaram de avião às ilhas. Existem 101 casos ativos na região: sete em São Miguel, nove na Terceira, três em São Jorge, um no Faial e um no Pico.

    Covid-19. Açores com dois novos casos, um em São Miguel e outro na Terceira

  • Covid-19. Apoio de 42 milhões de euros para a Cultura publicado em Diário da República

    As medidas de apoio à cultura foram publicadas e o programa Garantir Cultura tem um apoio inicial de de 42 milhões de euros. A associação Pateia já criticou os apoios anunciados.

    Covid-19. Apoio de 42 milhões de euros para a Cultura publicado em Diário da República

  • Cabo Verde. Economia nacional com a "pior performance" de sempre por causa da Covid-19

    Banco de Cabo Verde anuncia queda de 15% no Produto Interno Bruto (PIB) até setembro por causa das consequências da pandemia. Foi o pior ano na economia do país na sua história recente.

    Cabo Verde. Economia nacional com a “pior performance” de sempre por causa da Covid-19

  • Governo agradece ajuda médica francesa

    O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde agradeceu hoje a ajuda do Governo francês com a disponibilização de uma médica e três enfermeiras que vão ajudar na prestação de cuidados intensivos no Hospital Garcia de Orta, em Almada.

    Em nome do Governo português, um agradecimento profundo ao governo francês por esta colaboração e por esta cooperação, que é de facto um sinal bem vivo de uma Europa bem viva e bem solidária”, disse António Lacerda Sales.

    “Tudo faremos neste contexto para aliviar aquilo que é a pressão ao nível das unidades de cuidados intensivos. E dizer-vos que de facto foi uma área onde muito temos investido, onde, relembro, tínhamos no início de março cerca de 1.142 ventiladores e temos hoje mais de 2.000 ventiladores. Tínhamos em 2012 um rácio de 4,2 camas por 100 mil habitantes; temos hoje um rácio – no final de dezembro – de 9,4 camas por 100 mil habitantes. Mais do que duplicámos”, sublinhou.

    O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde salientou ainda o esforço do Governo português na contratação de médicos intensivistas, 48 em 2020 e mais 47 desde o início deste ano.

  • Covid-19. CDS defende vacinação de todos os corpos de bombeiros

    Francisco Rodrigues dos Santos defende vacinação de todos os bombeiros e acusa o Governo de “passar a bola para o lado dos comandantes das corporações, obrigando-os a escolher 50% dos profissionais”.

    Covic-19. CDS defende vacinação de todos os corpos de bombeiros

  • Covid-19. Sindicato acusa ARS do Norte de adiar pagamentos de horas extra

    O Sindicato Independente dos Médicos denunciou que a Administração Regional de Saúde do Norte está a fazer auditorias para adiar o pagamentos das horas extraordinárias a partir das 200.

    Covid-19. Sindicato acusa ARS do Norte de adiar pagamentos de horas extra

  • Covid-19. OMS aprova vacina da AstraZeneca

    A OMS aprovou a utilização de emergência de duas versões da vacina Oxford/AstraZeneca. O imunizante poderá agora integrado no programa Covax, cujo objetivo é distribuir equitativamente as vacinas.

    Covid-19. OMS aprova vacina da AstraZeneca

  • Covid-19. Hospital de campanha de Lisboa já recebeu 118 doentes

    O coordenador António Diniz anunciou a abertura de um novo pavilhão com 150 camas, que vai substituir o atual pavilhão com capacidade para 58. Mudança poderá ajudar depois na resposta não Covid.

    Covid-19. Hospital de campanha de Lisboa já recebeu 118 doentes

  • Covid-19. França regista o menor número de novos casos desde 1 de fevereiro

    As autoridades francesas contabilizaram esta segunda-feira mais 4.376 novas infeções pelo novo coronavírus, o número mais baixo anunciado no país desde 1 de fevereiro.

    Em relação ao número de casos diários foram identificados nas últimas 24 horas, 412 mortes, quase o triplo das anunciadas na véspera (167).

    França tem 3.469.539 casos ativos da doença e 2.249.685 pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19.

  • Covid-19. Santo Tirso iniciou vacinação para 8 mil utentes

    São 8 mil os utentes com 80 anos ou mais anos ou com 50 anos ou mais anos e patologias associadas inscritos neste Agrupamento de Centros de Saúde.

    Covid-19. Santo Tirso iniciou vacinação para 8 mil utentes

  • OMS aprova vacina AstraZeneca

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) aprovou a utilização de emergência de duas versões da vacina Oxford-AstraZeneca no combate à Covid-19, anunciou hoje o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

    Falando em conferência de imprensa online a partir de Genebra o responsável disse que tal permite agora que as vacinas sejam lançadas a nível mundial através do Covax, o mecanismo que a OMS criou para uma distribuição equitativa de vacinas para combater o novo coronavírus.

    O diretor-geral especificou que uma das vacinas é produzida na Coreia do Sul pela SkBio e a outra na Índia, pelo Serum Institute.

  • Covid-19. Rio de Janeiro suspende campanha de imunização por falta de vacinas

    No Brasil, o Rio de Janeiro vai suspender provisoriamente a vacinação por falta de vacinas. Esta torna-se a primeira cidade a confirmar a interrupção da campanha por falta de imunizantes.

    Covid-19. Rio de Janeiro suspende campanha de imunização por falta de vacinas

  • Covid-19. Espanha regista 30.251 novos casos e 702 mortes durante o fim de semana

    Espanha registou desde sexta-feira 30.251 casos de Covid-19, mantendo a tendência descendente de novos contágios e elevando para 3.086.286 o total de infetados até agora no país, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

    As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 702 mortes durante o fim de semana atribuídas à Covid-19, passando o total de óbitos para 65.449.

    O número de novos casos baixou do fim de semana anterior para este de 47.095 para 30.251 e o de mortes de 909 para 702.

  • Parecer recomenda que regras de acesso ao ensino superior se mantenham iguais às de 2020

    A Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior (CNAES) enviou um parecer ao governo sobre as regras de acesso a universidades e politécnicos em 2021.

    À Rádio Observador o presidente da CNAES, António Fontainhas Fernandes explica que a recomendação é no sentido de as regras se manterem iguais a 2020. Ou seja os alunos realizam apenas os exames nacionais das disciplinas necessárias para efeitos de acesso ao ensino superior.

    O presidente da CNAES aponta que a decisão é influenciada pelos “resultados positivos” alcançados com as regras de acesso adotadas em 2020.

    Mas o parecer emitido pela Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior não é vinculativo. António Fontainhas Fernandes adianta que o governo deverá decidir sobre esta matéria em breve – no próximo Conselho de Ministros.

    Ouça aqui as declarações do presidente da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior.

    Acesso ao Ensino Superior. “Parecer enviado aponta no sentido de manter as regras de 2020”

  • Covid-19. Hospital de campanha de Lisboa já recebeu 118 doentes

    O hospital de campanha de Lisboa recebeu, desde 23 de janeiro e até domingo, 118 doentes infetados pela Covid-19 e regista hoje 18 internados, disse o coordenador António Diniz, assegurando a abertura de um novo pavilhão com 150 camas.

    A ideia não é juntar um novo pavilhão, é substituir o pavilhão onde estamos pelo novo pavilhão, que tem maior capacidade e pode receber inclusive um leque mais alargado de pessoas, com critérios de admissão mais alargados do que aqueles que temos agora”, afirmou o coordenador da Estrutura Hospitalar de Contingência de Lisboa, António Diniz.

    Instalado no Estádio Universitário de Lisboa, o novo pavilhão do hospital de campanha, com capacidade de 150 camas, “irá provavelmente ser aberto até ao final da próxima semana”, apontou António Diniz, explicando que a abertura podia ter sido acelerada caso houvesse pressão que justificasse.

  • Boletim DGS. 132 concelhos desceram de nível de risco e dois subiram

    Os concelhos de Celorico de Basto, Marvão, Ponte de Sôr, Sardoal e Vila Velha de Ródão desceram do nível extremamente elevado para elevado e Vila Franca do Campo do nível muito elevado para o nível moderado. No total, 132 concelhos desceram de nível de risco.

    Ferreira do Alentejo e Serpa foram os únicos concelhos que subiram de nível, de muito elevado para extremamente elevado. Os restantes 174 concelhos mantiveram-se no mesmo nível de risco.

1 de 4