759kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Miguel Tamen

Colunista

Sou professor na Universidade de Lisboa. Dei também aulas em várias universidades americanas. Escrevi alguns livros, e os meus ensaios do Observador entre 2014 e 2017 foram publicados em dois volumes de Erro extremo.

Artigos publicados

Erro Extremo

Plano Nocional de Leitura (XVII)

A fama de Herculano deve-a muito aos seus romances e novelas. Chama-se-lhes normalmente romances históricos, e nessa prática teve numerosos sucessores, todos (o que não é dizer pouco) piores que ele.
Erro Extremo

Nem tudo são preocupações

É raro encontrar gente que não tenha nada de especial a acrescentar aos nossos interesses, e em quem não encontremos um coro e eco para as nossas preocupações: é raro haver quem fale de outras coisas.
Erro Extremo

Razões para votar

Não é necessário que eu vote num partido ou pessoa porque acredito nas promessas que me faz. Posso votar, e muitas vezes voto, porque tenho motivos independentes das promessas daqueles por quem voto.
Erro Extremo

O melhor diário

Ao ler todos os dias as duas séries do Diário da República repetimo-nos avisos, leis, preâmbulos, murmúrios de metafísicas, listas, reprimendas e contas: coisas para a eternidade, coisas para ontem.
Erro Extremo

Plano nocional de leitura (XVI)

Convenientemente sacudido, cada poema dar-nos-ia uma versão do mundo que se basta a si própria e que atribuímos ao seu autor. Esta teoria pode todavia não ser completamente verdadeira.
Erro Extremo

O Mistério da Educação (XVI)

Pergunte-se a um professor o que devia ser uma semana lectiva, e devia durar quatro anos; o que devia ser um dia de escola, e devia ter 28 horas. Caso contrário, como chegar ao fim do programa?
Erro Extremo

Uma esperança razoável na verdade

Não obstante a propaganda, a dificuldade principal não está em aceitar pessoas diferentes mas em viver com pessoas parecidas, isto é, com pessoas que só diferem nas opiniões que têm.
Erro Extremo

Ternos sermões

Nunca o que os artistas têm a dizer sobre o que fazem foi tão importante. As escolas de artes perceberam isto e passaram sobretudo a ensinar os artistas a falar como artistas.
Erro Extremo

Plano Nocional de Leitura (XV)

O que faz do livro de Oliveira Martins um livro de história não é parecer-se mais ou menos com um romance. É, como em toda a grande história, dar voz ao que pessoas achavam que se podia estar a passar
Erro Extremo

Pensamentos, palavras e pudins

Os cientistas registaram primeiro com perplexidade que é raro o restaurante onde os pudins não vêm acompanhados por pelo menos dois garfos.
Erro Extremo

Filosofia política

Os exercícios prospectivos são possibilidades filosóficas animadas pelo que mais deploramos. Enganam-se no seu âmbito, exageram nos seus remédios, mas exprimem as suas causas.
Erro Extremo

Ciência política

Poucos afinal escolhem o país para onde se mudam ou a pessoa com quem vão viver por considerações constitucionais, por efeito de declarações, ou por comparação.
Erro Extremo

Plano Nocional de Leitura (XIV)

Bernardim Ribeiro é o autor de um poema maravilhoso onde imagina que em alturas especiais, quando alguns diriam ‘eu sou,’ é preferível dizer ‘eu estou’, apesar de a gramática recomendar o contrário.
Erro Extremo

O sistema das cinco cores

Sol na eira? Alerta azul. Chuva no nabal? Alerta azul. Crise no feijão? Alerta amarelo. Crise de rins? Alerta verde. 30 minutos de espera? Alerta verde. 30 minutos de espera? Alerta cor-de-laranja.
Erro Extremo

Épico ou trágico

Não é raro olharmos para o lado e percebermos que estamos rodeados não apenas de pessoas firmemente convencidas de que têm uma missão, o que já seria inquietante, como de que são heróis de tragédias.
Erro Extremo

A carapuça

A diferença entre uma pessoa muito inteligente e uma inteligente é que a primeira não tem qualquer problema em ver-se passar por pouco inteligente, enquanto a segunda vive aflita com tal possibilidade
Erro Extremo

Plano Nocional de Leitura (XIII)

Ao contrário dos anões, que acabam sempre por fazer as pazes com quem lhes mexe nas coisas, Camilo Pessanha parece ter razões para continuar a temer essa mãe morta, que insiste em aparecer-lhe em casa
Erro Extremo

Medo de ter medo

O medo do medo pertence à qualidade de emoções que é alimentada não por animais fora de controle, ou por perigos patuscos mas pela emoção que sentimos ao pensar em ocorrências desse tipo.
Erro Extremo

Arquitectura de passagem

Os nossos casos de interesse pela arquitectura são sobretudo casos de interesse por aquilo que já não é usado, ou por aquilo que ainda não foi usado. Como a maior parte dos arquitectos, tememos o uso.
Erro Extremo

Falar do tempo

Falar do tempo tem duas funções diferentes: a função de poder dizer qualquer coisa sem exprimir a nossa opinião; e a função de poder exprimir a nossa opinião de modo a não podermos ser contraditados.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.