Todos os anos são escritos milhares de artigos sobre as principais tendências tecnológicas e de Marketing para o ano seguinte. Mas, será que percebemos a real importância de cada uma e o potencial impacto que podem ter? E qual o papel de outras que, não sendo novas, se vão tornar críticas para o sucesso da sua empresa? Vejamos os ingredientes:

A Importância das Reviews (avaliações)

Está muito longe de ser uma tendência nova, mas é, provavelmente, uma das que mais vai crescer em 2020. E porquê? Porque vende!

Um estudo da Pew Research, partilhado recentemente pelo Google, indica que 82% dos americanos leem reviews online antes de comprarem um produto (online ou offline) e que, 40% o fazem para quase tudo o que compram. Ainda, segundo um estudo da Bright Local, 91% das pessoas, entre os 18 e os 34, confiam tanto em online reviews como numa recomendação pessoal.

Nenhum comercial da sua empresa vai ser tão forte a vender como uma pessoa, imparcial, a relatar a sua experiência. Se estamos a considerar ir dormir num hotel, vamos querer saber de antemão se ele é bom. E por mais que um anúncio no Facebook nos mostre fotografias incríveis dos quartos e piscina, nada vai ter mais influência do que a avaliação feita por alguém que já lá ficou.

Mas longe vão os tempos em que apenas hotéis e restaurantes eram avaliados online pelos seus clientes. Estamos a caminhar para um mundo onde qualquer negócio pode ser avaliado pelos seus clientes (sejam eles B2B ou B2C) e, até, pelos seus colaboradores (como é o caso do Glassdoor). É tão importante gerar confiança num potencial comprador que nos encontrou pelo Google e, muito provavelmente, nunca ouviu falar de nós, como num potencial candidato, que quer saber se as pessoas são felizes na empresa a que se vai candidatar.

Na vertente de produtos, plataformas como o Trustpilot e o Bazarvoice têm tido um crescimento cada vez maior, tornando-se ativos essenciais do processo final de decisão de compra.

Mas isto não se aplica apenas a lojas online. Qualquer negócio pode ganhar uma vantagem competitiva muito grande ao potenciar as suas Reviews. E o mais importante (e que a maioria das empresas em Portugal ainda negligencia) são as reviews no momento em que as pessoas já ouviram falar da nossa marca e vão à procura dela. No online, esse momento acontece sobretudo nos motores de pesquisa e, nestes, 92,78% no Google (segundo a statcounter, em outubro de 2019).

Assim, torna-se muito importante assegurar que qualquer negócio seja bem configurado por si na ferramenta de reviews do Google, o Google My Business.

Por último, o algoritmo de SEO do Google privilegia, cada vez mais, negócios sustentados por reviews, pelo que uma estratégia que potencie e divulgue as avaliações dos seus clientes irá fazer com que o seu negócio apareça mais vezes em pesquisas genéricas do seu mercado (além da sua marca), aumentando assim, de forma sustentada, o número de potenciais clientes que, mais à frente, irão converter melhor ao analisarem as experiências dos clientes atuais.

É um ciclo cada vez mais importante e que, se ainda não o trabalha, deve considerar em 2020.

Influenciadores… Hype ou fator crítico de sucesso em 2020?

Quando falamos em reviews e recomendações, surge de imediato o tema dos Influenciadores. Existe já uma geração inteira (e muitas pessoas de outras gerações) que confia e recorre às opiniões dos seus influenciadores preferidos. Segundo a Google, o tempo de visualização de vídeos relacionados com compras aumentou 400% entre  2016 e 2018.

No entanto, uma estratégia de marketing em torno dos influenciadores não é relevante para qualquer negócio, nem é consensual. Para ser eficaz, relevância e credibilidade são palavras de ordem.

Upgrades tecnológicos a ter em consideração

Já há alguns anos que ouvimos falar em Inteligência Artificial e “Machine Learning”, sendo que poucas pessoas conhecem realmente o impacto que estes dois conceitos têm no seu dia-a-dia online, sobretudo na relevância dos conteúdos que consomem diariamente.

Sempre que falamos em inteligência artificial, é comum imaginar-se um robot com braços e pernas. Para os mais alarmistas, rapidamente esse robot tem uma metralhadora e está programado para aniquilar a população mundial. Felizmente, a maioria deste “bots” ainda só está programada para analisar as preferências e comportamentos dos utilizadores e trabalhar para que a sua experiência seja o melhor possível.

Isto já acontece há algum tempo, mas sobretudo em gigantes tecnológicos como o Google e Facebook. No entanto, acredita-se que 2020 será o ano em que se intensificará a democratização destas tecnologias, prevendo-se que, até 2024, o mercado da Inteligência Artificial passe a valer, segundo a Market Watch, 174 mil milhões de euros.

Ainda, 2020 será o ano do 5G, a quinta geração de transmissão de dados móveis. Para compreendermos o impacto que terá, temos primeiro de olhar para trás e perceber o impacto que gerações anteriores tiveram.

A primeira geração deu-nos som, a segunda deu-nos mensagens de texto, a terceira deu-nos internet e, por fim, a quarta geração (atual) deu-nos internet a uma velocidade 10 vezes maior do que o 3G.

E o 5G? O que nos vai trazer de novo? Na verdade, será ainda mais velocidade, sendo que, iremos sentir o dobro da diferença que sentimos do 3G para o 4G. Ou seja, vai trazer-nos uma velocidade de transmissão de dados 20 vezes superior à velocidade atual (de acordo com a PCMag).

E qual o impacto que isto irá ter no Marketing? Olhando para trás, foi quando passámos para o 4G que permitiu a democratização final das redes sociais. Passámos, por exemplo, a poder carregar vídeos à velocidade com que antes carregávamos fotografias. Abriram-se as portas para um mundo enorme de aplicações e ferramentas que funcionam com quantidades muito grandes de dados e que antes não eram possíveis.

Com o 5G, as pessoas irão sentir um upgrade muito grande na sua experiência online, já que tudo será mais imediato e acessível. Se ainda havia (mas não devia) problema com a velocidade dos websites, estes vão caminhar para carregamentos cada vez mais instantâneos e que permitiram que cada vez mais pessoas passem a comprar online.

O 5G, em combinação com a AI, irá permitir também que os sites passem a oferecer uma experiência de utilização cada vez melhor para os seus utilizadores e, sobretudo, mais intuitiva e relevante, o que abrirá portas para targets que ainda têm tido mais dificuldade em começar a fazer compras online.

Por último, o 5G irás permitir um upgrade muito grande nos telemóveis que, por sua vez, irão abrir horizontes a novos negócios e novas ferramentas de comunicação das empresas com os seus consumidores.

Avaliação constante, Influência q.b e velocidade. Misture tudo e bons negócios.