817kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Dentro do Santa Maria

Mãe infetada, parto em coma: a saga do bebé Neves

"85 horas". Elisângela deu à luz em coma induzido, ligada a um ventilador e a um pulmão artificial. A mãe, o pai e os médicos do Santa Maria revelam os bastidores de um nascimento raro em todo o mundo
Reportagem Observador

Podcast. Os sons da incrível saga do bebé Neves

O choro do bebé Neves usado para despertar a mãe do coma. O primeiro banho. As mensagens das enfermeiras para o pai. E as entrevistas aos médicos envolvidos neste caso raro com final feliz.
Dentro do Santa Maria

Viver com a morte: "Eu não aguento estar aqui"

Morrer sozinho. Morrer sem uma despedida. Ver morrer os doentes do lado. O corredor da morgue. A angústia do capelão. E a subida de 40% nas mortes em Dezembro. 85 horas no Santa Maria, parte IV.
Dentro do Santa Maria

Os doentes infetados que se despedem das famílias

85 horas no maior hospital português no pico da pandemia, parte III. Um telefonema que pode ser o último. Visitas excecionais. Acordar e ver astronautas. Custos dos Cuidados Intensivos. E um fadista.
Dentro do Santa Maria

“Tive de reaprender a andar. Era um peso morto”

O vírus já apanhou 450 profissionais de saúde do hospital. O testemunho de Jacques dos Santos, chefe das Urgências, após 10 dias em coma nos Cuidados Intensivos. 85 horas no Santa Maria, parte II.
Dentro do Santa Maria

85 horas no Santa Maria. Dilemas da luta no limite

O Observador passou 85 horas no maior hospital português no pico da pandemia. Parte I: “O alerta vermelho”. A ansiedade. A inexperiência. O Covidário. O “setor dos instáveis”. E as decisões difíceis.
Atualidade

85 horas. As chamadas dos doentes para as famílias

São momentos de conforto e formas de anular distâncias, mas podem também ser despedidas. Os serviços incentivam chamadas entre os internados e as famílias. Reportagem especial no Santa Maria.
Atualidade

85 horas. “Não pude despedir-me do meu familiar”

O capelão hospitalar deixou de percorrer os serviços. Só visita doentes infetados se receber algum pedido. Angustia-se sobretudo com a impossibilidade das despedidas. Reportagem no Santa Maria.
Atualidade

"Mais de 70%" dos doentes com ECMO sobrevivem

É uma técnica de última linha, que funciona como um pulmão fora do corpo. O Observador assistiu a uma destas operações. Reportagem especial no Santa Maria.
Atualidade

85 horas. O médico que ficou dez dias ventilado

Jacques dos Santos, chefe das urgências, ficou infetado através de um doente e teve de ser entubado e ventilado. Aceitou pela primeira vez contar a sua história. Reportagem especial no Santa Maria.
Observadores

Entre a vida e a morte, dentro do Santa Maria

Este domingo e até quarta-feira, o Observador publica uma série de reportagens feitas no Hospital de Santa Maria, durante o pico da segunda vaga. É um trabalho especial em texto, fotografia e vídeo.
Atualidade

85 horas num hospital no pico da pandemia

O Observador publica a partir deste domingo quatro reportagens especiais sobre o pico da pandemia no Santa Maria, o maior hospital do país. Para ouvir também ao longo da semana na Rádio Observador.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos